About FGV

Fundada em 1944 com o objetivo inicial de preparar pessoal qualificado para a administração pública e privada do país, a Fundação Getulio Vargas extrapolou as fronteiras do ensino e avançou pelas áreas da pesquisa e da informação, até converter-se em sinônimo de centro de qualidade e excelência. Pioneira no campo da educação, a Fundação Getulio Vargas é referência não só por seus reconhecidos programas de graduação, mestrado, doutorado e trabalhos aplicados, mas também por sua busca constante pela modernidade e pela inovação.

Quem Somos

A Fundação Getulio Vargas é um centro de ensino de qualidade e excelência que dedica seus esforços ao desenvolvimento intelectual do país. Sua política de promoção e incentivo à produção e ao aperfeiçoamento de ideias, dados e informações faz da FGV uma das mais importantes instituições no cenário nacional e internacional, além de possibilitar a formação de cidadãos éticos, cientes de suas responsabilidades como agentes transformadores da sociedade.

FGV EM AÇÃO

A Fundação Getulio Vargas oferece hoje uma série de opções para quem busca uma formação séria e responsável, através de seus programas de graduação, mestrado, doutorado, especialização, pesquisa e consultoria, todos altamente qualificados e reconhecidos pelo mercado de trabalho. Conheça alguns deles:

  • Primeira instituição da América Latina a criar cursos de bacharelado em Administração Pública e de Empresas, a FGV formou em meados da década de 1950 as primeiras turmas de administradores do continente, egressas da então Escola Brasileira de Administração Pública (ex-EBAP, atual EBAPE) e da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP). Atualmente, além dos cursos de graduação em Administração, a FGV oferece os cursos de Economia, Direito, Ciências Sociais e História. Também são oferecidos cursos de pós-graduação nas áreas de Ciências Sociais, Direito, Administração e Economia e diversos cursos de especialização, todos seguindo os critérios de qualidade no ensino que, há mais de meio século, caracteriza a instituição.
  • Suas escolas, em várias regiões do País, são reconhecidas também no exterior onde mantêm intercâmbio com importantes instituições, além de centros de ensino avançado da mais alta qualidade. Os programas de mestrado e doutorado da FGV continuam credenciando seus alunos a ingressarem, como bolsistas ou professores, nas mais exigentes universidades do mundo. A programação de cursos lato sensu da FGV, de ampla abrangência, tem proporcionado a profissionais em busca de atualização um aprimoramento acadêmico de altíssimo nível continuamente comprovado pelo mercado.
  • A Fundação Getulio Vargas, além de seus tradicionais programas de graduação, mestrado e doutorado, também oferece uma série cursos na área de Especialização. Periodicamente, muitas de suas Escolas desenvolvem cursos de pequena duração voltados para um aprendizado mais dinâmico e prático.
  • Além disso, também há importante unidade da FGV, o IDE - Instituto de Desenvolvimento Educacional - que coordena e gerencia uma rede única de distribuição da educação continuada produzida pelas diversas Escolas da FGV.
  • Fazem parte do IDE o FGV Management, Programa de Educação Executiva presencial da FGV; o FGV Online, Programa de Educação a Distância; e o FGV in company, Programa de Customização de cursos para empresas dos setores público e privado.
  • O FGV Management é composto por três Núcleos próprios (Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília) e uma rede de Conveniadas presentes em mais de 90 cidades do País. Entre os programas oferecidos pelo FGV Management, estão: os cursos de MBA e Pós-Graduação; o CADEMP (cursos de curta duração); os Pós-MBAs e o PEC FGV (cursos de curta e média duração).
  • O FGV Online oferece mais de 160 cursos, entre MBAs, graduação e programas de curta e média duração, além de cursos gratuitos oferecidos através do Open Course Ware Consortium. O programa utiliza ferramentas como webcasts e transmissões via satélite para distribuir conteúdo de qualidade onde o aluno estiver.
  • O FGV in company oferece cursos customizados de atualização, aperfeiçoamento e especialização, com o conhecimento produzido nas Escolas da Fundação Getulio Vargas, a empresas privadas e públicas, órgãos governamentais e associações em geral.
  • Os cursos ministrados pela FGV exigem de seus alunos mais do que empenho e competência para assegurar a qualificação de um profissional preparado para os desafios da realidade contemporânea. O que a FGV espera é continuar alcançando, com suas atividades, a formação de cidadãos éticos, cientes de suas responsabilidades como agentes transformadores da sociedade brasileira. Mais do que formar especialistas, o que se busca é o desenvolvimento de alunos capazes de entender criticamente o conteúdo de seus cursos, em que o exercício de liderança e cidadania é fundamental.
  • A conexão com o mercado de trabalho compreende desde a colocação dos alunos como estagiários, trainees ou profissionais, até o acompanhamento da carreira de seus ex-alunos, para efeito de pesquisa ou recolocação. A preocupação social da FGV engloba ainda, caso solicitadas, a concessão de bolsas de estudo (Fundo de Bolsas) semestralmente renováveis, de acordo com critérios estipulados para cada Escola.
  • No campo da consultoria, a FGV também se sobressai por agregar aos trabalhos realizados o seu maior patrimônio: a credibilidade estabelecida ao longo do tempo pela experiência, segurança e competência em tudo o que faz. Seus serviços especializados de aconselhamento e assistência técnica profissional e organizacional ajudam empresas e executivos na tomada de decisões, na identificação de novas oportunidades e na escolha de novos rumos para as organizações.
  • Dispondo de quadros de excelência técnico-científica, a Fundação Getulio Vargas, por intermédio das atividades da FGV Projetos, desenvolve trabalhos para clientes do setor público e privado, nacional e internacional nas áreas de conhecimento de administração, economia e finanças e políticas públicas.
  • O avanço da globalização, a abertura da economia brasileira e a demanda por novos e diferenciados serviços levaram a FGV a segmentar suas atividades, aprofundado-as conforme os graus de exigência e expectativa da sociedade e transformando-as em programas especiais. Assim, da parceria inovadora entre a FGV e a iniciativa privada — por intermédio do Comitê de Cooperação Empresarial — foi criado o Centro de Economia Mundial da FGV, denominado CCE-CEM, precursor no estudo e na discussão das grandes questões internacionais.
  • As Escolas da FGV também desenvolvem, através de seus Centros de excelência, trabalhos dedicados à produção de conhecimento, por meio de estudos, pesquisas e publicações, além de promover a interação entre professores e alunos dedicados ao debate e à difusão dos novos conhecimentos e práticas.
  • Criada em outubro de 1945, a Editora FGV tem a missão de divulgar toda a produção acadêmica da Fundação Getulio Vargas e obras de autores que contribuem para a melhoria do ensino e da educação no país.
  • A Editora FGV possui um catálogo de mais de 300 títulos, nas mais variadas áreas e, além de possuir edições próprias, executa projetos editoriais e publica livros sob encomenda para empresas e instituições.
  • Também fonte imprescindível de informação e reflexão sobre a realidade brasileira e internacional são as revistas produzidas pelas escolas e unidades da FGV, como a "Conjuntura Econômica" e a "Revista Brasileira de Economia (RBE)", lançadas em 1947, dois ilustres exemplos de publicações tradicionais voltadas para a abordagem econômica, embora com tratamento e apresentação distintos. Também voltadas para a divulgação da produção acadêmica e a análise crítica estão a "Revista de Administração Pública (RAP)", a "Revista de Administração de Empresas (RAE)", a Revista Estudos Históricos, do CPDOC, entre outras.
  • Anualmente a Fundação Getulio Vargas publica declaração acerca de sua Unidades, de seu ideário, de suas atividades, de seus investimentos em ativo fixo, das subvenções e auxílios recebidos e de seus balanços. Clique AQUI para fazer o download do documento.