Direito Rio e ENM realizam 10ª edição do Programa de Capacitação em Poder Judiciário
Direito
13 Junho 2017

Direito Rio e ENM realizam 10ª edição do Programa de Capacitação em Poder Judiciário

Esta edição contou com a participação de 17 magistrados de todo o Brasil, que assistiram às palestras sobre “Supremo Tribunal Federal”, “Decisão judicial e inclinações pragmáticas”, “Gestão cartorária”, “Práticas inovadoras para a modernização da gestão no Poder Judiciário”, “Gestão de Pessoas”, e “Gestão da Informação e Criação de Conhecimento no Ambiente Judiciário”.

A Escola de Direito do Rio de Janeiro (Direito Rio) e a Escola Nacional da Magistratura (ENM) encerraram, no dia 26 de maio, a décima edição do Programa de Capacitação em Poder Judiciário. O curso teve o objetivo de oferecer uma formação multidisciplinar nas áreas jurídicas e de gestão, com destaque para o aperfeiçoamento das atividades operacionais e de administração da Justiça.

“Treinamento imprescindível a todos os magistrados brasileiros. Mais do que um curso de gestão, a capacitação em Poder Judiciário proporcionou uma visão ampliada das necessidades e ferramentas para auxiliar a solução de muitas questões”, destaca o dr. Pedro Yung-Tay, magistrado do Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Esta edição contou com a participação de 17 magistrados de todo o Brasil, que assistiram às palestras sobre “Supremo Tribunal Federal”, “Decisão judicial e inclinações pragmáticas”, “Gestão cartorária”, “Práticas inovadoras para a modernização da gestão no Poder Judiciário”, “Gestão de Pessoas”, e “Gestão da Informação e Criação de Conhecimento no Ambiente Judiciário”.

“Foi um excelente curso que nos instiga a criar novas rotinas cartorárias e na gestão de nossos servidores em prol de uma melhor prestação jurisdicional”, destaca a dra. Mariana Marinho Machado, magistrada do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI).

As aulas foram ministradas pelos professores Joaquim Falcão (diretor da Direito Rio); Fernando Leal (coordenador-adjunto do Mestrado em Direito da Regulação da Direito Rio); Maria Elisa Macieira (Administradora pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da FGV – EBAPE); Roberto Bacellar (desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná e ex-diretor presidente da ENM); e Luiz Lourenço (Direito Rio).