FGV homenageia professor Paulo Motta pelos 50 anos dedicados ao magistério
Administração
06 Setembro 2017

FGV homenageia professor Paulo Motta pelos 50 anos dedicados ao magistério

Durante a cerimônia de abertura, o presidente da FGV, Carlos Ivan Simonsen Leal, parabenizou o professor Paulo Motta pela contribuição ao ensino na instituição, formando gestores e grandes executivos que, hoje, colaboram com o desenvolvimento de importantes setores da administração pública brasileira.

A Fundação Getulio Vargas homenageou o professor Paulo Roberto Motta pelos 50 anos dedicados ao magistério na Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da FGV (EBAPE). A comemoração contou com a participação dos principais nomes do cenário de administração pública do país.

Durante a cerimônia de abertura, o presidente da FGV, Carlos Ivan Simonsen Leal, parabenizou o professor Paulo Motta pela contribuição ao ensino na instituição, formando gestores e grandes executivos que, hoje, colaboram com o desenvolvimento de importantes setores da administração pública brasileira.

Para reforçar toda essa importância, o diretor da EBAPE, professor Flavio Vasconcellos, ressaltou que poucas são as instituições que possuem em seu corpo docente professores tão empenhados na qualificação e no fortalecimento da Escola, com uma bagagem de comprometimento e dedicação de mais de 50 anos como a do professor Paulo Motta.

Já o vice-diretor da EBAPE, professor Alvaro Cyrino, destacou que o professor Paulo Motta formou gerações de administradores que beberam na fonte do conhecimento e, hoje, é um exemplo na academia, demonstrando seu caráter mais humano e ético.

A relevância da atuação do professor Paulo Motta foi destacada na primeira mesa de homenagens, que contou com a participação do homenageado e dos professores Armando Cunha, Bianor Cavalcanti, Humberto Falcão Martins e Alketa Peci.

O professor Armando Cunha, ao se referir às diferentes facetas do homenageado, como professor, pesquisador, consultor e coordenador de projetos, ressaltou a sua contribuição à educação em administração e ao desenvolvimento institucional da EBAPE.  Destacou, ainda, que na trajetória do professor Paulo Motta observa-se uma “extraordinária capacidade de se reinventar e a sabedoria de ver e considerar o entorno maior, o que é essencial e o que é razoável”.

Já o professor Bianor Cavalcanti, diretor Internacional da FGV (DINT), falou sobre o legado do homenageado: “Paulo Motta nos brindou com decisões, ações e reflexões transformadoras, tanto no plano institucional quanto no plano social e representa uma inestimável contribuição à educação do país e à Fundação Getulio Vargas”.

A professora Alketa Peci, ao se referir ao professor Paulo Mota, utilizou uma metáfora, comparando-o a um navegador que traça novos direcionamentos em cenários de mudanças constantes. Destacou, também, sua grande facilidade em enfrentar com otimismo diversidades em diversos setores, apresentando sempre a solução mais adequada para cada momento.

Humberto Falcão Martins destacou a personalidade absolutamente magnética e inspiradora do professor Paulo Motta e a grande importância que trouxe para a comunidade acadêmica, assim como a generosidade em partilhar todo seu conhecimento.

Seguindo as homenagens ao professor Paulo Motta durante a segunda mesa, o ex-gerente executivo da Universidade Corporativa do Banco do Brasil e consultor Pedro Paulo Carbone, ressaltou o quão importante foi a participação do docente na identificação de novos caminhos para solucionar problemas e definir novos modelos de gestão e administração para o Banco.

Ao dar continuidade aos depoimentos, o subsecretário de assuntos corporativos da Secretaria do Tesouro Nacional, Líscio Camargo, evidenciou sua admiração pelo professor Paulo Motta dada sua grande contribuição aos projetos desenvolvidos junto ao Ministério da Fazenda e seu amplo conhecimento da administração pública.

Na sequência, a ex-aluna de pós graduação em administração pública (CIPAD) e do Mestrado em Administração Pública (MAP) da EBAPE e assessora do diretor geral da Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, Márcia Relvas, destacou a importante participação do professor Paulo Motta em sua vida profissional e sua preocupação contínua no desenvolvimento ético e humano.

Para encerrar o painel, o professor da EBAPE, Marco Túlio Zanini, parabenizou o professor Paulo Motta ao destacar sua atuação internacional, além da amizade, gratidão e generosidade em sempre estar presente nos momentos mais difíceis. Evidenciou, ainda, a proeminência em tratar temas complexos com facilidade.

No encerramento do evento, o homenageado parabenizou a Fundação Getulio Vargas, a direção da EBAPE e todos os presentes, expressando sua gratidão à FGV e às inúmeras homenagens recebidas

Eventos