Ministros do STF participam de encerramento do projeto História Oral do Supremo
Direito
14 Novembro 2017

Ministros do STF participam de encerramento do projeto História Oral do Supremo

Os personagens dos novos volumes são os atuais ministros Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli, os ex-ministros Ayres Britto, Octavio Gallotti e os falecidos Teori Zavascki e Paulo Brossard.

O projeto História Oral do Supremo chega a sua fase final. No próximo dia 24 de novembro, às 11h, no Centro Cultural FGV (Praia de Botafogo, 186. Rio de Janeiro), serão lançados os seis últimos livros da coleção que conta a história do STF a partir da trajetória dos seus ministros nos primeiros 25 anos da Nova República, entre 1988 e 2013. Os personagens dos novos volumes são os atuais ministros Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli, os ex-ministros Ayres Britto, Octavio Gallotti e os falecidos Teori Zavascki e Paulo Brossard.

Ao longo de quatro anos, os pesquisadores das Escolas de Direito do Rio de Janeiro (Direito Rio) e de São Paulo (Direito SP) e da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) coletaram depoimentos de 21 ministros do Supremo Tribunal Federal, totalizando cerca de 100 horas de gravação. O resultado é uma coleção de 21 livros narrando os momentos mais marcantes das carreiras dos juristas e os casos de maior repercussão pública da mais alta Corte do país, após a promulgação da Constituição de 1988.

Além dos livros que serão lançados no dia 24 de novembro, a FGV já lançou volumes sobre a trajetória dos ministros Rafael Mayer, Aldir Passarinho, Sepúlveda Pertence, Cezar Peluso, Sydney Sanches, Célio Borja, Carlos Velloso, Néri da Silveira, Nelson Jobim, Eros Grau, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Moreira Alves, Ilmar Galvão e Francisco Rezek.

Para participar do evento de lançamento, inscreva-se pelo site.

Eventos