Papel da China na economia global é debatida em comissão do Senado
Economia
13 Junho

Papel da China na economia global é debatido em comissão do Senado

Stuenkel apresentou suas ideias no sexto painel do evento, intitulado “O século do dragão? A China e a nova globalização”. O professor abordou o avanço econômico e político do país asiático em âmbito mundial, ressaltando pontos como a situação do Mar do Sul da China e a questão de Taiwan, assim como o aumento da afinidade comercial sino-brasileira.

O professor Oliver Stuenkel, coordenador da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) em São Paulo e dos MBAs em Relações Internacionais da FGV, esteve presente no Senado Federal no último dia 5 de junho para participar do ciclo de debates “O Brasil e a Ordem Internacional: Estender Pontes ou Erguer Barreiras?”, promovido pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

Stuenkel apresentou suas ideias no sexto painel do evento, intitulado “O século do dragão? A China e a nova globalização”. O professor abordou o avanço econômico e político do país asiático em âmbito mundial, ressaltando pontos como a situação do Mar do Sul da China e a questão de Taiwan, assim como o aumento da afinidade comercial sino-brasileira.

“O fórum possui grande importância diante do momento atual, marcado pelas crescentes dificuldades do Brasil em suas relações com os tradicionais parceiros do Ocidente, notadamente EUA e União Europeia, por um lado, e a maior abertura do mercado chinês por outro, o qual atingiu uma taxa de crescimento de 6,7% no ano 2016”, destaca o professor.

A Comissão do Senado espera, nesse contexto, abrir um espaço para o desenvolvimento de articulações conjuntas, principalmente no âmbito do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).