Capital privado é importante para infraestrutura do país, diz pesquisador do IBRE

Segundo o pesquisador do IBRE Maurício Canêdo, o governo federal se convenceu de que, sozinho, não conseguiria conferir toda a infraestrutura necessária ? incluindo portos, ferrovias e rodovias ? ao Brasil.
机构
05 十二月 2013

Frente aos recentes anúncios sobre leilões de privatização de alguns dos principais aeroportos do Brasil, o pesquisador da área de Economia Aplicada do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE), Maurício Canêdo, analisou a questão para o site do instituto.Segundo Maurício, isso mostra que o governo federal se convenceu de que, sozinho, não conseguiria conferir toda a infraestrutura necessária ? incluindo portos, ferrovias e rodovias ? ao Brasil. ?Era um tabu no passado e o governo já aceita compartilhar os investimentos com o setor privado. Pode ainda não ser o ideal ? a Infraero continuará com 49% de participação nos aeroportos, por exemplo ? mas o avanço é inegável. O fato de o governo ter aceitado fazer essas concessões sinaliza que houve uma percepção da importância do capital privado para produção de infraestrutura?, afirma.O pesquisador também destaca que o investimento em aeroportos brasileiros representa grande interesse estrangeiro, e que a expectativa agora é pelas consequências práticas que os passageiros irão sentir. Ele também acredita que as ferrovias tendem a ser o próximo foco dos leilões. Confira aqui a análise completa de Maurício Canêdo.

Our website collects information about your device and browsing activity through the use of cookies seeking to allow features such as: improving the technical functioning of web pages, measuring the diffusion of the website and offering relevant products and services through personal advertisement. To find out more about the information and cookies we collect, visit our Cookie Policy and our Privacy Policy (available soon in English).