Estudo do Centro de Pesquisas Sociais sobre Nova Classe Média brasileira é destaque na mídia internacional

机构
16 四月 2012

O economista-chefe do Centro de Polícias Sociais da FGV , Marcelo Neri, participou de reportagem da rede de TV Chinesa CCTV que destacou a importância da nova classe média. A mais recente pesquisa do CPS sobre a classe C, ?De Volta ao País do Futuro: Projeções, Crise Europeia e a Nova Classe Média Brasileira?, foi lançada no mês passado e já está disponível em inglês no site www.fgv.br/cps/ncm2014/eng . No endereço também é possível acessar reportagens sobre o tema e vídeos legendados que sintetizam os principais pontos do estudo.
 

Para assistir à matéria da CCTV, acesse http://www.fgv.br/cps/bd/clippings/CCTV_20120327.wmv
 

A pesquisa revela que, entre 2003 e 2011, cerca de 40 milhões de pessoas (o equivalente à população da Argentina) entraram para a classe média no Brasil. Os estudos do centro projetam, ainda, que outras 32 milhões entrarão para as classes mais privilegiadas da sociedade nos próximos seis anos. Marcelo Neri acredita que em breve o fenômeno dos brasileiros que ascenderam à elite ganhará atenção semelhante a que hoje é dada à nova classe média.
 

O tema tem ganhado cada vez mais importância na mídia internacional. O CPS já foi destaque no último ano em outras redes de TVs internacionais como a CNN, CNBC, BBC Mundo e Canal France 5, além de jornais e revistas como o The New York Times, The Economist, Le Figaro, Le Monde, Financial Times, Businessweek, The Christian Science Monitor. A rede chinesa CCTV também consultou o CPS em reportagem realizada no ano de 2011. (Veja essas e outras reportagens em www.fgv.br/cps/comunica)
 

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.