Professor do CPDOC fala sobre potências emergentes, desafios globais e a perspectiva brasileira no Global Public Policy Institute, em Berlim

机构
04 八月 2011

O Global Public Policy Institute (GPPi) organizou, em 29 de julho, um evento sobre potências emergentes e desafios globais, com ênfase na perspectiva do Brasil. O professor do CPDOC, Oliver Stuenkel, foi convidado para dar uma palestra sobre o tema, em Berlim. Há um crescente debate sobre qual o papel do Brasil no mundo e sobre as novas realidades de um sistema cada vez mais multipolar. Embora haja uma espécide de consenso de que a recém-descoberta força econômica do Brasil deve se traduzir em um papel internacional mais proeminente, há pouco entendimento sobre quais são as demanas do país. O governo continua a clamar por uma ordem mundial mais democrática. No entanto, há uma consciência crescente de que o Brasil já não é capaz de representar os mais desfavorecidos do mundo. Esta incerteza torna-se óbvia quando se analisa uma série de áreas temáticas que desempenham um papel cada vez maior, tanto no meio acadêmico brasileiro como nos meios de comunicação: liderança regional, ajuda humanitária e cooperação para o desenvolvimento, política de direitos humanos e relações ambivalentes do Brasil com a China.

Our website collects information about your device and browsing activity through the use of cookies seeking to allow features such as: improving the technical functioning of web pages, measuring the diffusion of the website and offering relevant products and services through personal advertisement. To find out more about the information and cookies we collect, visit our Cookie Policy and our Privacy Policy (available soon in English).