Publicação inédita tem enfoque na área de Humanidades Digitais

Os artigos discutem estudos de caso no YouTube e no Second Life, diáspora africana e elaboração de uma base de dados sobre a população escravizada de Mariana (século XVIII), plataformas digitais e ensino de história, corpo e ciberutopia, além de história digital e softwares de análise qualitativa
Social Sciences
14 February 2020
Publicação inédita tem enfoque na área de Humanidades Digitais

A revista Estudos Históricos da Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC) acaba de lançar um número inédito dedicado às Humanidades Digitais. Trata-se do primeiro periódico no Brasil totalmente dedicado a pesquisas que tratam de tecnologias digitais e da aplicação de computação ao universo das humanidades.

O professor Celso Castro, editor especial do número, explica que: "O pano de fundo é a expansão de big data, conjuntos de dados grandes demais para serem analisados por formas tradicionais de pesquisa". Não há consenso entre pesquisadores e profissionais em torno da criação de um novo campo de conhecimento intitulado "Humanidades Digitais", mas há certamente uma “comunidade” internacional que já se distingue por práticas específicas de pesquisa que se guiam pela atenção à inovação, ao impacto das ferramentas computacionais no trabalho de pesquisa e pela valorização da ciência aberta.

Esta edição da Revista Estudos Históricos conta com colaboração especial de Maria Fernanda Rollo, professora associada da Universidade Nova de Lisboa e ex-Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, sobre os desafios e responsabilidades das humanidades digitais em preservar a memória, valorizar o patrimônio, promover e disseminar o conhecimento. Inclui ainda oito artigos e uma entrevista com o historiador da Columbia University, o professor Matthew Connelly, coordenador da plataforma digital History Lab: History as Data Science.

Os artigos discutem estudos de caso no YouTube e no Second Life, diáspora africana e elaboração de uma base de dados sobre a população escravizada de Mariana (século XVIII), plataformas digitais e ensino de história, corpo e ciberutopia, além de história digital e softwares de análise qualitativa.

A revista Estudos Históricos é um periódico quadrimestral publicado de forma ininterrupta desde 1988 e avaliado como A1 pelo Qualis CAPES. Seu conteúdo está disponível por meio da Biblioteca Digital da FGV, além de ser acessível por meio de 10 indexadores internacionais, do Portal de Periódicos da Capes e da biblioteca online Scielo.

Para mais informações sobre a revista, acesse o site.