Webinar discute papel das energias renováveis na transição energética brasileira

Por mais que esteja em aceleração, a transformação da matriz energética mundial, ainda hoje calcada no setor petrolífero e cuja indústria definiu a era contemporânea, terá profundas consequências na ordem global. Já está claro que cada país fará a transição energética que puder, souber e lhe couber
Energy
14 October 2020
Webinar discute papel das energias renováveis na transição energética brasileira

Há muitos sinais de que a transição energética esteja ganhando velocidade no mundo. Para discutir o assunto, a FGV Energia e a International Renewable Energy Agency (IRENA), com apoio da agência EPBR, realizam, no dia 14 de outubro, o webinar “O Papel das Energias Renováveis na Transição Energética Brasileira”. O evento contará com a participação de especialistas e será transmitido ao vivo a partir das 18h no canal da FGV no Youtube.

Por mais que esteja em aceleração, a transformação da matriz energética mundial, ainda hoje calcada no setor petrolífero e cuja indústria definiu a era contemporânea, terá profundas consequências na ordem global. Já está claro que cada país fará a transição energética que puder, souber e lhe couber.

Para essa discussão, a FGV Energia e a IRENA reúnem os melhores especialistas do setor para discutir qual o papel das energias renováveis na transição energética brasileira. Participam do debate Bernardo Bezerra (PSR), Giovani Machado (Empresa de Pesquisa Energética – EPE), Luiz Horta Nogueira (Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI) e Ricardo Gorini (IRENA). A moderação ficará a cargo de Fernanda Delgado (FGV Energia) e Felipe Maciel (EBPR).

Para mais informações e inscrições acesse o site.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.