Escolas de Direito da FGV retomam cobertura do julgamento do Mensalão

Institutional
14 August 2013

As Escolas de Direito da Fundação Getulio Vargas no Rio de Janeiro e em São Paulo voltam hoje com suas parcerias na cobertura da segunda fase do julgamento da Ação Penal 470 ? mais conhecida como Mensalão.  Nesta etapa, os 11 ministros julgarão os recursos apresentados por todos os 25 réus condenados no julgamento, considerado o mais longo da história do Supremo Tribunal Federal (STF).  A Escola de Direito da FGV em São Paulo (DIREITO GV) renovou com o grupo Estado a parceria iniciada no ano passado para cobertura em tempo real e em diferentes plataformas (rádio, TV, internet e impresso), que contará com análises e explicações de especialistas da Escola sobre as decisões do Supremo Tribunal Federal acerca do caso. Para isso, a DIREITO GV recriou a ?sala de situação?, que reúne professores e pesquisadores que esclarecerão aos jornalistas as dúvidas técnicas a respeito do julgamento.  O grupo será liderado pelo professor e pesquisador do Núcleo de Justiça e Constituição, Rubens Glezer, e supervisionado pelo diretor da Escola, professor Oscar Vilhena Vieira.  Já a Escola de Direito da FGV no Rio (DIREITO RIO) retoma as parcerias com o jornal O Globo, o portal G1 e a Folha de São Paulo.  Nestes veículos será possível acompanhar o passo-a-passo do julgamento e a repercussão das decisões dos ministros, com auxílio do time de 14 professores da Escola, liderados pelo professor Joaquim Falcão e coordenados pela pesquisadora Adriana Lacombe. A versão impressa do Globo tratará as questões surgidas de forma mais aprofundada, trazendo artigos dos pesquisadores da DIREITO RIO, e a BBC Brasil acaba de publicar um pequeno guia  com ajuda do coordenador da graduação da Escola, Thiago Bottino.  A Ação Penal 470 foi instituída em 2007 pelo STF ? que recebeu as denúncias contra os acusados pelo esquema de compra de votos de parlamentares deflagrado no primeiro mandato do governo de Luís Inácio Lula da Silva. O julgamento teve início no ano passado.   * na foto, a sala de situação durante julgamento do Mensalão, no ano passado, na DIREITO GV

Our website collects information about your device and browsing activity through the use of cookies seeking to allow features such as: improving the technical functioning of web pages, measuring the diffusion of the website and offering relevant products and services through personal advertisement. To find out more about the information and cookies we collect, visit our Cookie Policy and our Privacy Policy (available soon in English).