• I Seminário de Análise Conjuntural 202009 Mar 202016:00 a 18:00
    Economia
    I Seminário de Análise Conjuntural 2020
    Local: Centro Cultural FGV
    Endereço: Praia de Botafogo, 186 - Botafogo, Rio de Janeiro/RJ
    Data: 09 Março 2020
    Horário: 16:00
    Responsáveis: FGV IBRE

    Com a atividade econômica se recuperando lentamente, novos desafios surgem no cenário internacional. Além das expectativas de que o crescimento mundial ainda será moderado, o surgimento de uma possível epidemia originária da China, tem gerado mais incerteza sobre o desempenho das economias, especialmente a chinesa, que pode ter impactos negativos no primeiro trimestre, em função das restrições impostas pelo governo para evitar a disseminação do vírus no país e no resto do mundo.

    Nesse novo cenário, aliado com as dificuldades internas para alavancar o investimento, as perspectivas de crescimento mais vigoroso da economia brasileira ficam ainda mais difíceis de serem atingidas. Em função disso, é cada vez mais premente que as reformas econômicas avancem com mais rapidez.

    Esses temas e o cenário político serão debatidos no I Seminário de Análise Conjuntural, que será realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE).

Palestrantes

  • Armando Castelar

    Armando Castelar Pinheiro é Coordenador de Economia Aplicada do FGV IBRE e professor do Instituto de Economia da UFRJ. Atuou como analista da Gávea Investimentos, pesquisador do IPEA e chefe do Departamento Econômico do BNDES, tendo lecionado nos programas de pós-graduação da PUC-Rio e da FGV EPGE. Castelar é Ph.D. em Economia pela Universidade da Califórnia, Berkeley, formado em Engenharia Eletrônica pelo ITA e mestre em Estatística pelo IMPA e em Administração de Empresas pela COPPEAD. É membro do Conselho Superior de Economia da FIESP e articulista dos jornais Valor Econômico e Correio Braziliense. Seus livros mais recentes são “Sociedade e Economia: estratégias de crescimento e desenvolvimento” (2009, IPEA, co-organizado com João Sicsú) e “Mercado de Capitais e Bancos Públicos” (2007, Ed Contracapa, co-organizado com Luiz Chrysostomo de Oliveira Filho). 

  • José Júlio Senna

    Doutor e Mestre em Economia pela The Johns Hopkins University (Baltimore - EUA). Entre as experiências profissionais do pesquisador, destaca-se a atuação no Banco Central do Brasil, em 1985, como diretor da Dívida Pública e Mercado Aberto. Foi diretor executivo de algumas instituições financeiras, como Banco Boavista, Banco da Bahia Investimentos, Banco Graphus e Banco Fleming Graphus.

    De 1997 a 2012, José Júlio atuou como membro suplente do Conselho Diretor da FGV. Foi, ainda, professor da FGV EPGE de 1973 a 1988 e assumiu o cargo de vice-diretor da mesma escola em 1980.

  • Silvia Matos

    Mestre e doutora em Economia pela EPGE Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV EPGE). Possui graduação em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Ex-economista do Departamento de Pesquisa do Banco BBM. Professora do Mestrado Profissional em Economia da FGV EPGE e coordenadora técnica do Boletim Macro IBRE. 

  • Samuel Pessôa

    Graduação e mestrado em Física pela USP, e doutorado em Economia pela USP. Atualmente é sócio da Reliance em São Paulo, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) e colunista do jornal Folha de S. Paulo. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Crescimento e Desenvolvimento Econômico, atuando principalmente nos seguintes temas: economia, taxas, educação no Brasil e gastos. Autor de diversos artigos acadêmicos sobre temas ligados ao desenvolvimento econômico, publicados em revistas nacionais e internacionais.

  • Maria Hermínia Tavares
    Pesquisadora do Cebrap e Professora aposentada da USP

Local

Centro Cultural FGV
Praia de Botafogo, 186 - Botafogo, Rio de Janeiro/RJ

Confira outros eventos