Alimentação pesa mais no bolso do consumidor no início de novembro, aponta IBRE

Institucional
08 Novembro 2013

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE) de 7 de novembro apresentou variação de 0,63%  ? 0,08 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada na última divulgação.Nesta apuração, seis das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Alimentação, com destaque para hortaliças e legumes, cuja taxa passou de 0,91% para 5,75%.Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos Habitação, Transportes, Comunicação, Despesas Diversas e Saúde e Cuidados Pessoais, puxados pelos itens tarifa de eletricidade residencial, seguro facultativo para veículo, pacote de telefonia fixa e internet, cigarro e artigos de higiene e cuidado pessoal.Em contrapartida apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos Vestuário, Educação, Leitura e Recreação.Nestas classes de despesa, os destaques partiram dos itens: roupas (0,83% para 0,41%) e salas de espetáculo (1,22% para 0,52%), nesta ordem.A próxima apuração do IPC-S será divulgada no dia 18.11.2013.Clique aqui e acesse o release completo da divulgação.