Alunos do MAP têm trabalhos selecionados para Casoteca do ENAP

O estudo, orientado pela professora Fatima Bayma, aborda a realização de um evento relacionado ao Dia das Crianças em uma unidade militar do Exército e discute a legitimidade deste tipo de atividade ante o dilema ações socioculturais x segurança nacional. 
Institucional
19 Março 2014

A Casoteca de Gestão Pública da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP, ligada ao governo federal) divulgou o primeiro estudo de caso aceito como trabalho de conclusão de mestrado.  Trata-se do trabalho ?Dia da Criança: Missão Institucional do Exército?? ? elaborado por Claudiney Silvestre, mestre em Administração Pública pela Escola de Administração Pública e de Empresas (FGV/EBAPE).O estudo, orientado pela professora Fatima Bayma, aborda a realização de um evento relacionado ao Dia das Crianças em uma unidade militar do Exército e discute a legitimidade deste tipo de atividade ante o dilema ações socioculturais x segurança nacional. Além disso, fala sobre o tratamento dado às doações efetuadas por particulares diretamente à administração pública, seu recolhimento aos cofres do governo e os recursos recebidos.Segundo a coordenadora do Mestrado Profissional em Administração Pública (MAP), Alketa Peci, o estudo de caso para ensino foi previsto como uma das modalidades de Trabalho Final do MAP porque visa à transferência de conhecimentos ?  seja na sala de aula, seja em dinâmicas de treinamento profissional, em coerência com os objetivos científicos-tecnológicos de um mestrado profissional.Outros trabalhos de alunos da primeira turma do MAP também foram aceitos e divulgados na Casoteca: ?Pintura de Guerra I ? Tomada de decisão individual e organizacional?, de Andrea Bello, e ?O caso do desastre da região serrana do Rio de Janeiro: são adequados os critérios adotados pela administração pública em uma situação de tragédia e calamidade??, de Jorge Gonçalves da Silva.Os casos disponíveis na Casoteca são ferramentas de aprendizagem com potencial para transferência de conhecimentos e habilidades para estudantes, profissionais do setor público e pesquisadores, com foco em problema ou desafio, seja para superá-lo ou para documentar os esforços feitos para suplantá-lo.Sobre o MAPO MAP busca consolidar uma estratégia pró-ensino, respondendo ao próprio diagnóstico da Capes, e conta com colaboração do curso de graduação da EBAPE ? onde os alunos participam de monitoria e podem inserir opcionalmente oficinas de didáticas de ensino no decorrer da grade regular do curso.