Alunos da Wharton escolhem a EBAPE para estudar pelo segundo ano consecutivo

Institucional
15 Março 2012

Pelo segundo ano consecutivo, a EBAPE sediou o curso ?Managing in Emerging Economies? com alunos da escola de negócios da Universidade da Pensilvânia, Wharton Business School ? uma das principais escolas de business dos Estados Unidos e uma das mais conceituadas no mundo. O programa, realizado dos dias 5 a 9 de março, teve como tema ?Energia e Infraestrutura? e foi ministrado em inglês. Além do grupo de alunos da Wharton, a EBAPE ofereceu 10 vagas para os estudantes dos programas de mestrados da EBAPE.  Os alunos assistiram a palestras com professores da Wharton, da Fundação Getulio Vargas e convidados, em que puderam debater alguns cases, além de realizar visitas técnicas. Entre os palestrantes convidados, destacam-se Eike Batista, presidente do grupo EBX e também o brasileiro mais rico do mundo, e Luciano Coutinho, presidente do BNDES ? Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. O grupo visitou ainda o Centro de Operações Rio e a COPPE (Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia), onde participaram de palestras sobre as perspectivas para energias alternativas no Brasil e o atual cenário de energia.  O aluno do Mestrado Profissional em Gestão Empresarial (MEX), Claudio Manfredi, um dos brasileiros que participaram do curso, ressaltou a oportunidade oferecida pela EBAPE. ?Participar de debates e palestras de inegável qualidade, e ainda interagir com os alunos da Wharton, foram vivências que contribuirão para aprimorar meus estudos, despertando a vontade de participar de novos cursos em escolas internacionais?, explicou. Já Zilá Guimarães, aluna do MEX que também fez parte do grupo, falou sobre o alto nível dos módulos internacionais e das parcerias firmadas pela EBAPE. ?Este curso foi excelente assim como todos os módulos internacionais dos quais pude participar ao longo do meu mestrado. O conteúdo, o nível dos professores, o nível de discussão dos cases são elevadíssimos, o que engrandece nosso conhecimento acadêmico e prático. Estas parcerias, pelo que sei até o momento, com escolas do nível de Wharton, somente a EBAPE têm. Sabemos que módulos deste nível, fora do Brasil, em universidades de renome como Wharton e outras, são caros, e nós, alunos da FGV, temos o privilégio de poder participar,? afirmou. O curso, que acontece em diversos países com economias emergentes, teve como objetivo passar aos alunos da Wharton e mestrandos da EBAPE mais conhecimento e compreensão acerca das tendências econômicas, políticas e demográficas das potências emergentes. 

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.