Aplicação do direito antitruste às plataformas digitais é foco de webinar

O evento discutirá a aplicação do direito antitruste às plataformas digitais a partir do caso que envolveu a empresa Alibaba, recentemente sancionada com multa bilionária pela autoridade antitruste chinesa.
Direito
23 Junho 2021
Aplicação do direito antitruste às plataformas digitais é foco de webinar

A Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito Rio), por meio do Núcleo de Estudos em E-commerce (NEEC) e do Núcleo de Estudos Brasil-China, promove, no dia 29 de junho de 2021, às 9h30, no canal do YouTube da FGV, o webinar “Direito Concorrencial Chinês: Perspectiva Comparada do Caso Alibaba”. O debate em inglês, sem tradução simultânea, será transmitido às 9h30, no canal do YouTube da FGV.

O evento discutirá a aplicação do direito antitruste às plataformas digitais a partir do caso que envolveu a empresa Alibaba, recentemente sancionada com multa bilionária pela autoridade antitruste chinesa.

O debate terá a mediação do professor de direito internacional e coordenador do Núcleo de Estudos Brasil-China da FGV Direito Rio, Evandro Carvalho; e do professor da FGV Direito Rio, Nicolo Zingales. O encontro terá, ainda, a participação do professor Chen Litong, Senior Partner da banca de advocacia Dentons e da conselheira do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Paula Farani da Silveira.

“A Administração Estatal de Regulamentação do Mercado da China, órgão antitruste chinês, impôs uma multa recorde de USD 2.8 bilhões ao Grupo Alibaba, maior empresa de comércio online da China, por práticas anticoncorrenciais. Um caso histórico na China e que poderá ter repercussões na indústria da Internet”, afirmou o professor Evandro Carvalho, coordenador do Núcleo de Estudos Brasil-China.

Nesse mesmo contexto, o professor Nicolo Zingales salienta: “No Brasil, já existe um número expressivo de casos julgados no setor de e-commerce pelo Conselho Administrativo de Defensa Econômica, a autoridade antitruste brasileira. É interessante observar a existência de certa aproximação entre países BRICS na aplicação do direito antitruste aos mercados digitais, impulsionada pelo trabalho conjunto desenvolvido pelas autoridades ao longo dos últimos anos”.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no link.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.