Arbitragem na Administração Pública é tema de novo livro

Presidente do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA) e Procurador do Município do Rio de Janeiro, Schmidt usa de sua experiência para explicar a arbitragem na administração pública e propõe com clareza e pragmatismo uma regulamentação geral que sirva de modelo para a União, estados e municípios.
Direito
28 Agosto 2018
Arbitragem na Administração Pública é tema de novo livro

As áreas de mediação e arbitragem ganham cada vez mais espaço no Brasil e são vistas como uma tentativa de diminuir a excessiva e cara judicialização da vida cotidiana. Para debater o assunto e os benefícios de sua adoção pelo poder público, o professor da Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV Direito Rio) lança, no dia 30 de agosto, o livro “Arbitragem na Administração Pública”. A noite de autógrafos será realizada na Livraria Travessa (Rua 7 de setembro, 54. Centro, Rio de Janeiro/RJ), a partir das 18h.

Presidente do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA) e Procurador do Município do Rio de Janeiro, Schmidt usa de sua experiência para explicar a arbitragem na administração pública e propõe com clareza e pragmatismo uma regulamentação geral que sirva de modelo para a União, estados e municípios.

Gustavo da Rocha Schmidt é bacharel em Direito pela PUC-RJ, Master of Laws pela New York University School of Law, Mestre em Direito da Regulação pela FGV Direito Rio. É, ainda, sócio do escritório Schmidt, Lourenço & Kingston - Advogados Associados. Tem experiência nas mais diversas áreas do direito, com ênfase no direito constitucional, administrativo, arbitragem, mediação e no contencioso cível e empresarial.

Para mais informações sobre o livro, acesse o site.