Atividade multidisciplinar incentiva promoção do acesso à Justiça
Direito
02 Janeiro 2018

Atividade multidisciplinar incentiva promoção do acesso à Justiça

"Um dos objetivos da atividade foi chamar a atenção dos alunos para a complexidade da linguagem jurídica, que acaba, frequentemente, por servir como obstáculo para o acesso à Justiça", ressalta a professora Vivianne Mese.

As professoras Daniela Gabbay, Camila de Jesus Mello Gonçalves e Vivianne Mese uniram esforços para oferecer uma atividade extraclasse conjunta aos alunos do primeiro ano da graduação. A iniciativa faz parte do projeto de reformulação da grade curricular promovida pela Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP), que reduziu o número de disciplinas obrigatórias e busca dar mais espaço para atividades extraclasses interdisciplinares. 

“Resolvemos desenvolver uma atividade interdisciplinar que contribuísse para desenvolver, a partir da realidade prática, a percepção do aluno sobre o funcionamento do sistema de Justiça, levando-o para fora de sala de aula para que assumisse a posição do cidadão em busca de acesso à Justiça”, explica Daniela Gabbay, professora da disciplina “Organização da Justiça e do Processo”. 

A atividade teve três etapas. A primeira delas consistiu em uma análise e encaminhamento de soluções para um caso prático e fictício. Na segunda parte, os alunos fizeram visitas a órgãos do sistema de Justiça para descreverem suas percepções em diário. Por fim, eles elaboraram um passo-a-passo para o acesso à Justiça a partir de sua experiência na atividade em formato de cartilha, vídeo e infográfico, com linguagem simples e apropriada ao usuário do sistema. 

"Um dos objetivos da atividade foi chamar a atenção dos alunos para a complexidade da linguagem jurídica, que acaba, frequentemente, por servir como obstáculo para o acesso à Justiça. Por isso, eles foram incentivados a recorrer a uma linguagem técnica e, ao mesmo tempo, acessível, bem como a outros meios de comunicar conteúdos jurídicos, inclusive meios visuais", ressalta a professora Vivianne Mese.

Um dos trabalhos apresentados pela turma e que tirou a nota máxima consistiu num vídeo de 10 minutos relatando todas as possibilidades de acesso à Justiça para que mulheres possam se defender de violência e garantir seus direitos. O vídeo pode ser acessado por http://bit.ly/2Bahcys

"O sucesso da atividade fez surgir a possibilidade de apresentar os seus resultados aos alunos ingressantes na FGV Direito SP no próximo ano", destaca Camila Gonçalves que, junto com a professora Vivianne, é responsável pela disciplina de “Direito de Família”.