Audiência Pública discute reforma de governanças dos Fundos de Pensão

A audiência pública teve o objetivo de promover o debate e colher contribuições sobre as boas práticas de gestão e a governança, com vistas a subsidiar estudos e formulação de políticas públicas que visem o desenvolvimento e o aprimoramento da governança do Regime de Previdência Complementar (RPC).
Administração
14 Agosto 2018
Audiência Pública discute reforma de governanças dos Fundos de Pensão

O coordenador do Mestrado Executivo em Gestão Empresarial (MEX) da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE), professor Joaquim Rubens Fontes Filho, participou da Audiência Pública sobre reforma de governanças dos Fundos de Pensão. O encontro, promovido pela Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, foi realizado no último dia 27 de julho.

A audiência pública teve o objetivo de promover o debate e colher contribuições sobre as boas práticas de gestão e a governança, com vistas a subsidiar estudos e formulação de políticas públicas que visem o desenvolvimento e o aprimoramento da governança do Regime de Previdência Complementar (RPC).

Dados da própria Secretaria mostram que no Brasil há 301 fundos de pensão, patrocinados por 2706 empresas e 415 instituidores, que administram ativos totais de R$ bilhões 863,16, o equivalente a 13,0% do PIB.  Os fundos atendem também a uma população de 3,5 milhões de participantes, aposentados e assistidos, constituindo um quadro que mostra a importância e representatividade econômica e social desse sistema, e a necessidade de seguir boas práticas de governança.

As apresentações realizadas na Audiência Pública estão disponíveis no site.