Aula inaugural reúne novos alunos do Mestrado Administração Pública

O MAP foi criado para atender a uma demanda antiga do mercado por uma pós-graduação Stricto Sensu, em tempo parcial (noturno) e com a excelência acadêmica de uma instituição como a EBAPE na área da administração pública, que permita ao mestrando a conciliação dos estudos com a atividade profissional.
Administração
01 Março 2019
Aula inaugural reúne novos alunos do Mestrado Administração Pública

A Escola Brasileira de Administração Pública realizou, no dia 30 de janeiro, a aula inaugural da Turma Regular do Mestrado Profissional em Administração Pública (MAP). Os novos alunos puderam conhecer a estrutura acadêmica do curso, suas linhas de pesquisa e a infraestrutura da FGV. O evento também serviu para que os alunos ouvissem os representantes dos mais diversos setores da escola e das unidades da FGV a respeito dos inúmeros recursos disponíveis e de que forma eles podem ser utilizados.

A apresentação foi realizada pelo Coordenador Acadêmico do MAP, professor Roberto Pimenta, e pelo Coordenador Adjunto, professor Joaquim Rubens Fontes Filho. O evento também contou com a participação de Roberta Guimaraes (Coordenação MAP); Jefferson Santos (Coordenador TI); Wallace Amorim (Coordenador Núcleo de salas); Monica Balanda (Coordenadora RI); Marcelo Nascimento (Setor de Regulação); Diego de Faveri (Coordenador do setor de Avaliação Educacional); Darliny Amorim (Coordenadora Alumni). Também participaram alunos do mestrado acadêmico da FGV EBAPE que já foram ou têm interesse em ser monitores do MAP.

“Do meu ponto de vista, o Mestrado Profissional em Administração Pública na FGV EBAPE é a melhor escolha entre as opções do mercado, pois é composto, integralmente, por professores com doutorado e, em sua maioria, com experiências acadêmicas internacionais. A diversidade das disciplinas oferecidas e a variedade de especialização do corpo docente proporcionam ao aluno um estudo aprofundado no tema de seu interesse, além de um amplo conhecimento geral. Ademais, o curso é conceituado com uma das maiores notas pela CAPES e a escola é avaliada com nota máxima pelo MEC”, destaca a nova aluna do MAP, Luciana Simonsen.

Carla Saveli, que também é aluna do MAP,ressalta que a FGV é referência de ensino no país e no exterior, contando com um corpo docente reconhecido pelo alto nível de excelência acadêmica em todas as áreas de conhecimento em que atua. Ela também frisou a importância de estudar em uma instituição que está entre os melhores think tanks do mundo, reforçando a importância de seu trabalho para o desenvolvimento do país.

“Além de estimular o desenvolvimento de um pensamento mais crítico com relação ao país e ao mundo, o MAP contribuirá com um conhecimento mais aprofundado da administração pública, possibilitando, a partir da compreensão da sua dinâmica e das suas particularidades, promover melhorias que garantam cada vez mais a transparência e a eficiência nas parcerias público-privadas”, destaca.

O MAP foi criado para atender a uma demanda antiga do mercado por uma pós-graduação Stricto Sensu, em tempo parcial (noturno) e com a excelência acadêmica de uma instituição como a EBAPE na área da administração pública, que permita ao mestrando a conciliação dos estudos com a atividade profissional.  O curso, voltado para dirigentes, gestores e profissionais de alto nível, que atuam em órgãos públicos da administração direta e indireta, tem como objetivo formar lideranças no setor público brasileiro, possibilitando aos novos mestres prestar consultoria, exercer funções de direção ou gerência em administração pública, bem como avançar na carreira acadêmica.

Para conhecer o programa do curso, acesse o site.