Calouros da graduação da EBAPE visitam escola experimental da Rocinha

Institucional
23 Maio 2013

Os alunos do primeiro período da graduação da EBAPE tiveram uma experiência diferente neste mês. Eles visitaram o Ginásio Experimental de Novas Tecnologias Educacionais (Gente), que fica localizado na Rocinha, a maior e mais conhecida favela do Brasil. Os alunos foram acompanhados pelo coordenador do Centro de Graduação, professor Henrique Heidtmann Neto, e pela professora Vanessa Brulon.  O grupo de alunos  também conheceu a sede da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, onde puderam assistir a uma palestra com a Secretária Municipal de Educação do Rio de Janeiro e  professora da EBAPE, Claudia Costin.  Ela falou sobre a Reforma Gerencial e Educacional no Brasil. Para o grupo de estudantes foi uma experiência única.  ?Todos os alunos utilizam laptop e contam com a colaboração de mentores para assessorá-los em caso de dúvidas. O bacana foi ver a interação contínua entre eles, principalmente fazendo uso das novas tecnologias educacionais?, disse o aluno Luiz Gustavo Borges Ramos, de 18 anos, que ficou surpreso ao saber da existência de uma escola com uma proposta tão inovadora no Rio de Janeiro. Outro fator importante apontado por Luiz foi ver a teoria na prática. ?Foi excelente assistir à palestra com a Claudia Costin. Ela deu detalhes do projeto e logo depois fomos verificar tudo de perto. Esse tipo de atividade é muito importante para a nossa carreira, ainda mais do primeiro período, pois nos mostra a realidade?, explicou.  A visita faz parte da atividade prática da disciplina Introdução à Administração Pública, lecionada por Henrique  e  Vanessa.  Sobre o Projeto Gente Pioneiro no Brasil, com o apoio da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e sob a coordenação da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, o projeto Gente atende alunos do sétimo ao nono ano do ensino fundamental e tem como foco o desenvolvimento de um modelo educacional, voltado à individualidade de cada criança. As salas de aula não possuem paredes e os alunos podem escolher as tarefas.Trata-se de um novo conceito de escola, que se apropria integralmente de novas tecnologias educacionais e coloca o aluno no centro do processo de aprendizagem.