Centro de Políticas Sociais é destaque na mídia internacional

Institucional
22 Dezembro 2011

Marcelo Néri fez parte da edição de março da revista The Economist, em um caderno especial de 19 páginas sobre o ?futuro do Estado?, escrito por John Micklethwait, editor geral da revista ? com quem se reuniu no Brasil. A seção ?Favelous? aborda a eficácia do programa Bolsa-Família, afirmando que ?às vezes as melhores ideias para o governo são as mais simples?. Na reportagem, Neri atribui ao programa 17% da queda da desigualdade no Brasil desde 2001, explicando que outros tipos de benefícios têm um efeito similar, mas com um custo 400% mais alto, e que o programa deveria ser estendido a fim de estimular o aumento das notas dos alunos pobres da rede pública. Ainda segundo Néri, o Bolsa-Família possui uma espécie de ação afirmativa implícita, pois uma parcela dos benefícios que vai para negros e pardos é maior que a contribuição destes grupos na pobreza brasileira. O presidente americano Barack Obama destacou a importância histórica que o Brasil atravessa e citou dados sobre o crescimento da nova classe média gerados pelo CPS nos discursos de encerramento da Cúpula Empresarial Brasil-Estados Unidos e no Teatro Municipal. ?Nos últimos dois séculos, nunca houve um momento tão promissor para o Brasil. Agora, vocês são a sétima maior economia do mundo, registrando um dos crescimentos mais rápidos do mundo. No intervalo de uma década, centenas de milhares de brasileiros saíram da pobreza, metade da população brasileira é considerada agora classe média?, disse.  Em reportagem de capa, o jornal francês Le Figaro citou pesquisa realizada pelo CPS, mostrando que os brasileiros são os mais otimistas entre 132 países, apesar dos baixos salários.  Marcelo Néri também participou do documentário ?Brésil: les recettes du miracle? (Brasil:as receitas do milagre), exibido no início de fevereiro no Canal France 5, e de matéria do Washington Post. Estas citações são fruto do ?Projeto Brasil?, realizado pelo CPS ao se alinhar às diretrizes da presidência da FGV, fortalecendo a presença da Fundação no âmbito internacional, aumentando o diálogo com indivíduos e instituições estrangeiras. O projeto obteve inúmeras citações na revista The Economist, New York Times, Washington Post, Time, Newsweek, BBC, Financial Times, Al Jazeera , entre outros, totalizando mais de 300 matérias internacionais, que podem ser acessadas em www.fgv.br/cps/comunica

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.