Cesta da Páscoa está 9,29% mais cara em 2024

Dentro do espectro de produtos que compõem a cesta de Páscoa, a batata-inglesa e o azeite sobressaíram com aumentos expressivos de 31,96% e 39,82%, respectivamente. 
Economia
26 Março 2024
Cesta da Páscoa está 9,29% mais cara em 2024

A cesta de Páscoa para 2024 subiu 9,29% entre março de 2023 e fevereiro de 2024, conforme apontado pelo Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE). Esse incremento nos preços é muito superior à inflação acumulada de 3,5%, medida pelo IPC-10 para o mesmo período, e destaca uma pressão específica sobre os itens tradicionais de Páscoa que não seguem necessariamente a tendência geral inflacionária. 

Dentro do espectro de produtos que compõem a cesta de Páscoa, a batata-inglesa e o azeite sobressaíram com aumentos expressivos de 31,96% e 39,82%, respectivamente. 

André Braz, coordenador dos Índices de Preços do FGV IBRE, observou que, apesar da tendência ascendente dos preços em comparação ao ano anterior, houve uma redução nos valores de itens fundamentais para o almoço de Páscoa, como o bacalhau, que apresentou queda de 2,27%. 

Braz também ressalta a necessidade de vigilância por parte dos consumidores em relação à evolução dos preços à medida que a Páscoa se aproxima. A pesquisa do FGV IBRE apresenta a inflação acumulada até fevereiro, mas não assegura que estes permanecerão estáveis ou se reduzirão até a chegada do feriado. Ele alerta especificamente para a possibilidade de incremento nos preços dos peixes, impulsionado pelo aumento da demanda típica desse período. 

Para saber mais, acesse o site

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.