Conference Board passa a usar indicadores de produtividade do FGV IBRE como referência

A partir desta edição, as informações sobre a medida do fator trabalho (emprego e horas trabalhadas) usadas no cálculo de produtividade do Brasil passam a ser fornecidas pelo Observatório da Produtividade Regis Bonelli do FGV IBRE
Economia
28 Abril 2021
Conference Board passa a usar indicadores de produtividade do FGV IBRE como referência

O Conference Board, benchmark internacional em análises de produtividade, divulgou esta semana a versão mais recente do Total Economy Database, um banco de dados anual com informações sobre PIB, população, emprego, horas trabalhadas e produtividade para uma grande amostra de países.

A partir desta edição, as informações sobre a medida do fator trabalho (emprego e horas trabalhadas) usadas no cálculo de produtividade do Brasil passam a ser fornecidas pelo Observatório da Produtividade Regis Bonelli do FGV IBRE.

O FGV IBRE elegeu a produtividade como uma das preocupações centrais de sua missão institucional de contribuir para o debate sobre o desenvolvimento do país. Criado em 2019, o Observatório da Produtividade Regis Bonelli tem divulgado regularmente indicadores de produtividade do trabalho (agregada e setorial) e produtividade total dos fatores para a economia brasileira, tanto na frequência anual como trimestral.

Os indicadores de produtividade construídos pelo FGV IBRE, bem como a metodologia desenvolvida para o cálculo destas informações, podem ser acessados pelo site do Observatório da Produtividade Regis Bonelli.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.