Conferência em Yale debate o potencial e o futuro dos estudos sobre o Brasil em Universidades americanas
Direito
07 Dezembro 2018

Conferência em Yale debate o potencial e o futuro dos estudos sobre o Brasil em Universidades americanas

As discussões buscaram refletir sobre o potencial e o futuro dos estudos sobre o Brasil em Universidades americanas e sua contribuição para a produção de conhecimento relacionado ao desenvolvimento sustentável no Brasil. Além disso, o evento visou a promoção de networking entre os estudantes, pesquisadores e instituições participantes.

A Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV Direito Rio), em parceria com o Ministério da Educação, a UNESCO e a Universidade de Yale, promoveu, na última semana, a conferência “Brazilian Studies in the United States: The Road Ahead”, em Yale. O presidente da FGV, professor Carlos Ivan Simonsen Leal, participou da abertura e do encerramento do evento, que teve como objetivo reunir acadêmicos de Universidades dos EUA que têm o Brasil como uma de suas atuais áreas de pesquisa.

As discussões buscaram refletir sobre o potencial e o futuro dos estudos sobre o Brasil em Universidades americanas e sua contribuição para a produção de conhecimento relacionado ao desenvolvimento sustentável no Brasil. Além disso, o evento visou a promoção de networking entre os estudantes, pesquisadores e instituições participantes. Estiveram presentes representantes de grandes universidades americanas, como Yale, Harvard, Universidade de Chicago, Brown, Stanford, entre outras.

O diretor da FGV Direito Rio, professor Sérgio Guerra, participou da mesa sobre Direito e Política, que tinha como pergunta norteadora: “como a visão estrangeira da academia norte-americana contribui para o desenvolvimento de pesquisas sobre políticas e instituições brasileiras nos dois países?”.

Em sua fala, o docente fez uma análise comparativa dos desafios da Regulação com destaque para as novas tecnologias que trazem grande impacto para o futuro da regulação no mundo. Junto ao diretor, o professor da FGV Direito Rio, Daniel Vargas, mediou o painel.

Para ele, a conferência foi uma grande oportunidade para comparar experiências e estimular o aprendizado recíproco. “Esse evento representa uma porta de entrada para que a FGV participe de um debate global, analisando obstáculos e oportunidades para o desafio brasileiro de forma integrada com o mundo”, avalia.

A FGV também foi representada no evento pelo diretor da Diretoria de Análise de Políticas Públicas (FGV DAPP), professor Marco Aurélio Ruedige, da diretora da Rede de Pesquisa e Conhecimento Aplicado, professora Goret Pereira Paulo, e do professor Eduardo Jordão (FGV Direito Rio).