CPDOC conta história do Rio através das placas das ruas da cidade

Institucional
17 Abril 2012

A pedido do Arquivo da Cidade do Rio de Janeiro, o CPDOC está levantando a história e revisando a identificação das placas de mais de cinco mil ruas da cidade. A equipe coordenada pelo professor Américo Freire começou o trabalho no mês passado e tem até outubro para escrever a história dos logradouros em apenas 140 caracteres ? o mesmo número usado no Twitter ? além de ter como meta identificar até 800 placas por mês. A pesquisa será feita com base no ?Dicionário Histórico e Biográfico Brasileiro? e em outras publicações do CPDOC, mas também utilizará o próprio acervo do Arquivo da Cidade. Segundo Américo, a pesquisa sobre os nomes das ruas do Rio possibilitará à equipe a montagem de uma geografia política da cidade e a identificação de tendências. ?Copacabana é mais republicana do que o Centro. Os engenheiros também estão muito presentes?, disse o professor ao jornal O Globo de sábado, dia 14 de abril, ao comentar o que os trabalhos já permitiram descobrir.  O trabalho do CPDOC não se esgotará nas placas das ruas. De acordo com a diretoria do Arquivo, está previsto para o ano que vem o lançamento de portal com a identificação completa das ruas, incluindo as fichas do acervo digitalizadas. 

Notícias relacionadas

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.