CPDOC lança publicação sobre as relações entre OTAN e Brasil

O livro apresenta argumentos que buscam explicar porque as relações OTAN-Brasil se desenvolveram mais lentamente do que as relações entre a OTAN e os outros países dos BRICs, como a China e a Índia. A obra foi publicada em inglês e, em breve, será publicada em português.
Institucional
06 Fevereiro 2015

A Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas (FGV/CPDOC), em parceria com o NATO Defense College (NDC) e a Fundação Konrad Adenauer, lança a publicação ?Enduring NATO, Rising Brazil ? Managing International Security in a Recalibrating Global Order?, como resultado da Semana da Europa de 2013, realizada pelas instituições parceiras.O livro apresenta argumentos que buscam explicar porque as relações OTAN-Brasil se desenvolveram mais lentamente do que as relações entre a OTAN e os outros países dos BRICs, como a China e a Índia. A obra foi publicada em inglês e, em breve, será publicada em português.O livro oferece, ainda, razões para o fortalecimento dessa relação nos próximos anos, em diversos assuntos na área de segurança e defesa. O prefácio é escrito por Stephen R. Covington, assessor para Assuntos Internacionais e Estratégicos para o Comandante Supremo Aliado Europeu (SACEUR). Segundo Covington, ?a jornada de parceria Brasil-OTAN que está inaugurada a partir desse momento é um desenvolvimento reminiscente importante dos engajamentos conduzidos entre a OTAN e as nações do Leste Europeu desde o fim da Guerra Fria?.Segundo Elena Lazarou, professora do Centro de Relações Internacionais do CPDOC, que organizou a Semana da Europa e a mesa redonda entre membros do NDC, acadêmicos brasileiros e policymakers, ?a iniciativa de juntar oficiais da OTAN e membros do governo brasileiro foi desafiadora, mas muito interessante e construtiva. Conforme a ordem global se modifica e o Brasil e a OTAN assumem novos papéis, é fundamental que ambos os atores compreendam melhor suas identidades. Esperamos que esse livro, o mais novo e, possivelmente, o único com esta abordagem, contribua substancialmente para esse objetivo e para o aumento do conhecimento sobre a OTAN e o Brasil?. O livro está dividido em cinco sessões: ?Understanding NATO and Brazil?, ?Pesrpectives on Intervention?, ?Viewpoints on Nuclear and Weapons of Mass Destruction Proliferation?, ?Securing the South Atlantic? e ?The way ahead?. Para acessá-lo, clique aqui.