Cursos de graduação tecnológica do FGV Online são autorizados pelo MEC - Stavros Xanthopoylos fala sobre as conquistas da unidade ao Semana FGV

Institucional
26 Agosto 2011

No dia 17 de agosto, quarta-feira, o Ministério da Educação lançou no Diário Oficial da União cinco portarias que autorizam o funcionamento dos cursos superiores de Tecnologia em Gestão do Turismo, Gestão Pública, Gestão Financeira, Marketing e Gestão Comercial da FGV. Stavros Xanthopoylos, Diretor  Executivo do FGV Online, conversa com o Semana FGV sobre as boas notícias que a unidade vem recebendo nos últimos dias.  Professor, o FGV Online tem recebido ótimas notícias, não é mesmo?  A primeira grande notícia que eu tive no FGV Online foi a aprovação do nosso primeiro curso tecnólogo, em janeiro de 2008, em Processos Gerenciais. Formamos a primeira turma em abril deste ano e formaremos a segunda em outubro. Depois, ganhamos o OCW People?s Choice Awards  na categoria de programas mais inovadores e de vanguarda. E agora o Diário Oficial da União publicou a aprovação de cinco cursos tecnólogos...  Ainda temos um que será aprovado em breve, de Gestão em Recursos Humanos.  Qual o diferencial que os cursos da FGV oferecem no segmento de educação à distância? E por que a aposta no setor? No final de 2009 percebemos que a demanda por cursos de tecnologia é interessante. Eles já existem em muitas instituições na modalidade a distância, utilizando várias metodologias, mas a grande maioria deles é normalmente via satélite com uma aula semi-presencial, em que os alunos assistem a uma transmissão e depois estudam com material didático impresso ou na internet. Já o nosso é totalmente online; o aluno interage pela internet ? com atividades assíncronas e síncronas, estas em tempo real com o condução e acompanhamento do  professor tutor  ? além dos encontros presenciais para atividades complementares e para realização das provas, que são obrigatoriamente presenciais, respeitando a legislação. O curso tecnólogo tem um sabor interessante, porque todos eles são desenhados para qualificar pessoas  que  geralmente não conseguiram completar graduações presenciais devido à mobilidade profissional, focando um público mais velho, mais estabelecido. Mas temos expectativas de atrair um público mais jovem, que irá se capacitar para os grandes eventos que acontecerão aqui no Brasil, com exceção do curso de Gestão Pública, que permitirá que funcionários públicos de carreira busquem cursos de graduação e pós para suas promoções, etc.  O FGV Online planeja outros cursos em formato semelhante? Quais são as expectativas? Vamos explorar futuras áreas e entrar com novos pedidos, lá na frente.  Mas é certo que ampliaremos o leque de ofertas. Primeiramente,  esses tecnólogos  aprovados serão oferecidos nas nossas bases geográficas atuais, nos polos de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, além do Paraná e Amazonas.  Nosso curso inicial de Processos Gerenciais está em fase final de reconhecimento. Uma vez ele reconhecido, nós pediremos ampliação da nossa base geográfica, que já está toda estruturada: são mais 34 polos, todos baseados na rede dos nossos MBAs presenciais. Este é um avanço que é importante não apenas por ser geográfico, mas porque ele representa um grande aumento de responsabilidade,  já que os polos nas conveniadas são postos avançados da EBAPE. Isso permitirá que estejamos presentes em todas as regiões do país, fazendo com que elas tenham acesso à qualidade dos nossos cursos, além de ampliar nosso mercado.    E qual a importância da EBAPE nesse processo?  Ressalto a parceria da EBAPE, escola responsável pelos processos acadêmicos e pela diplomação dos cursos. E nós, do Online, dentro das nossas competências, fazemos de tudo para que o conteúdo seja desenvolvido e transmitido com a maior qualidade possível, honrando a Escola que nos apoia. E gostaria de lembrar que a nossa graduação tecnológica possui o selo EFMD ? CEL, que é um selo de qualidade para quem aplica tecnologia à educação. Ele é geralmente dado a cursos de pós-graduação, mas a nossa graduação é a única no mundo que o possui.  E nosso MBA é o único na América Latina com tal selo. Por isso esperamos conseguir certificar também as novas graduações. O que as portarias do MEC autorizando os cursos representam para a FGV? E para a educação no país? A missão da Fundação é a disseminação ampla de conhecimento e desenvolvimento do país; certamente esses cursos tecnólogos aprovados pelo MEC contribuem sobremaneira para a missão da FGV e para a qualificação da mão-de-obra no Brasil. Não podemos deixar de perguntar: como foi ganhar o OCW People?s Choice Awards? E que razões contribuíram para o sucesso  do FGV Online na premiação? O OCW para nós foi um fenômeno fantástico. Foi uma aposta que fizemos inicialmente com nosso parceiro, a UCI: visualizamos que o interessante é disponibilizar conteúdo de qualidade na internet. Em três anos que estamos no ar, percebemos a importância de nosso papel social, pois o perfil daqueles que acessam nosso curso é de pessoas que não teriam condições de pagar. Por outro lado, percebemos que os cursos  também servem  de vitrine de experimentação da metodologia, pois há uma parcela de pessoas que fazem os cursos no OCW  acaba se tornando pagante, o que torna os cursos autossustentáveis. Somos a única instituição com conteúdo em português no mundo e somos acessados por mais de 90 países. Isso é uma surpresa. E somos a única que, se o aluno se registrar e for até o fim nas atividades do curso, ele pode imprimir uma declaração de participação. Nós já imprimimos mais de um 1,6 milhões delas, mais intensamente de 2010 para cá. Outro dado interessante é que a maior parte dos nossos acessos é devido ao boca-a-boca, e não pela internet. E é um modelo inovador de negócios, pois há cursos patrocinados pela iniciativa privada, tais como Walmart e Icatu, que são best-sellers. Com isso, quando apresentei o nosso caso em maio no MIT (no décimo ano do consórcio), a gente acabou sendo indicado ao People?s Choice Awards, OCW, promovido pelo Portal Education. Eles se surpreenderam, pois apesar de não sermos um portal de língua inglesa, recebemos um número imenso de votos, além de comentários. Para nós foi fantástico, pois além de premiarmos o FGV Online e a iniciativa da Fundação de proporcionar cursos gratuitos para a população, nós elevamos para um nível mundial a educação a distância do país. Podemos, então, dizer que a FGV é pioneira? Nós temos, proporcionalmente, o maior acesso por conteúdo no mundo, em comparação com o portal de maior acesso absoluto, que é do MIT. Isso é fantástico, pois demonstra a avidez do brasileiro por conteúdo, e por conteúdo de qualidade.  O brasileiro quer aprender. Esse é um indicativo do papel fundamental da educação a distância para qualificar nossa população e nós estamos na ponta desse processo. Para mim é um motivo de muito orgulho e um privilégio enorme, pois tenho a oportunidade de dirigir uma equipe extremamente competente e comprometida com os desafios colocados. E o resultado está aí. Ganhamos os principais prêmios acadêmicos, corporativos, aval do MEC, e agora fomos reconhecidos internacionalmente.  

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.