Direito GV debate o futuro da advocacia em Seminário de Planejamento Estratégico em Campos do Jordão

Institucional
08 Novembro 2011

A DIREITO GV promoveu no último fim de semana o Seminário Anual de Planejamento (SAP) na cidade de Campos do Jordão. O encontro teve a participação de professores, alunos da graduação, mestrado, do programa de educação executiva, colaboradores e convidados externos. Foi o primeiro SAP conduzido pelo diretor Oscar Vilhena Vieira. O encontro também contou com a participação de Sérgio Guerra, vice-diretor de Pós-Graduação da FGV DIREITO RIO. O SAP começou na sexta-feira com um debate sobre as perspectivas para o mercado da advocacia no Brasil e no mundo, com a participação dos professores Luciana Gross Cunha e Carlos Ari Sundfeld, da DIREITO GV, do advogado Celso Mori, sócio do escritório Pinheiro Neto Advogados, do coordenador de graduação da DIREITO GV Frederico de Almeida e do consultor em gestão de carreiras Carlos Ferreira.  No sábado, ocorreu a apresentação da diretoria, das coordenadorias da DIREITO GV e também uma rápida palavra do professor Sérgio Guerra sobre a FGV DIREITO Rio e uma reflexão de como aproveitar as sinergias entre as duas escolas.  Na sequencia, os participantes foram alocados em grupos de trabalho para refletir e apresentar propostas de aprimoramento da DIREITO GV nos seguintes aspectos: novas tecnologias de ensino, sustentabilidade e consolidação dos núcleos de pesquisa, transformações no mercado de trabalho, compartilhamento de experiências de gestão e inserção social: experiências e novas estratégias. Cada grupo apresentou as principais conclusões no domingo, pela manhã.  O SAP foi marcado por um intenso debate sobre como ampliar a diversidade do corpo discente, por meio da inclusão de estudantes talentosos vindos de escolas públicas ou de famílias que não tenham condições de arcar com o curso. Um estudo detalhado ? apresentado pelo professor Ronaldo Porto Macedo Jr ? avaliou os principais impedimentos de acesso a esses alunos.  Também foi apresentada uma proposta - já em implementação - de ex-alunos da DIREITO GV que, em parceria com o professor Ary Oswaldo Mattos Filho, estão criando uma associação civil para angariar recursos que possam financiar novos alunos. A prática, conhecida como Endowment, é bastante comum em universidades americanas e foi recentemente adotada pela Poli e pela Escola de Medicina da USP. Com isso, será possível ampliar de 50 para 60 o número de vagas oferecidas pela DIREITO GV, sendo que as 10 vagas suplementares poderão ser financiadas pelos novos recursos. *Na foto, o diretor da Direito GV, Oscar Vilhena,  e o vice-diretor, Paulo Goldschmidt.