Direito GV promove debate sobre etanol

Institucional
19 Maio 2011

A DIREITO GV promoveu no dia 16 o evento o evento Desafios da Governança Multinível para o Mercado de Etanol, que contou com a participação dos professores Joanne Scott e David Trubek. Joanne analisou a Diretiva Europeia para Energia Renovável. Entre os critérios de sustentabilidade para biocombustíveis contidos na normativa, a questão das mudanças no uso indireto da terra é o mais controverso e tem sido questionado pela UNICA (União da Indústria de Cana de Açúcar) em Bruxelas.  Esse critério leva em conta o impacto do etanol sobre outras culturas, como a soja, que podem, por sua vez, avançar sobre as florestas. Conforme relatório a ser elaborado pela Comissão Europeia até julho, o uso indireto da terra pode ter efeito obrigatório pela regulação. Nesse caso, pesadas barreiras seriam levantadas para o etanol brasileiro no mercado europeu. O evento insere-se no contexto de pesquisa iniciada em 2010 entre a FGV, a Universidade de Wisconsin e com apoio da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial).