DIREITO RIO inicia capacitação de empreendedores de comunidades pacificadas

Os empreendedores receberão assessoria jurídica das Clínicas do NPJ, especificamente do Laboratório de Assessoria Jurídica a Novos Negócios (LAJUNN) e do Laboratório de Assessoria Jurídica a Organizações Sociais (LAJES), que será prestada pelos alunos da graduação, supervisionada pelos professores Silvia Pinheiro e Rodolfo Noronha.
Institucional
17 Março 2014

A FGV DIREITO RIO e o Instituto Pereira Passos (IPP) lançaram, no último sábado, 15 de março, o projeto de capacitação e formalização de empreendedores em comunidades no Andaraí. A iniciativa, fruto de uma parceria entre a FGV DIREITO RIO, por meio de seu Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), o IPP e o Time FGV Rio Enactus, pretende oferecer um curso aos moradores das comunidades do Andaraí ? como Borda do Mato, Divinéia e Jamelão ?, focado em finanças pessoais, análise empresarial, marketing e estratégia.Os empreendedores receberão assessoria jurídica das Clínicas do NPJ, especificamente do Laboratório de Assessoria Jurídica a Novos Negócios (LAJUNN) e do Laboratório de Assessoria Jurídica a Organizações Sociais (LAJES), que será prestada pelos alunos da graduação, supervisionada pelos professores Silvia Pinheiro e Rodolfo Noronha.?O projeto possui grande potencial de impacto positivo na realidade social dos empreendedores envolvidos, bem como oportuniza aos alunos das diversas escolas da FGV vivenciar uma experiência que alie teoria e prática?, explica o Coordenador do NPJ, André Mendes.