Disparidades Raciais e Reforma Policial nos EUA e no Brasil é tema de debate online

O webinar tem o objetivo de discutir, em perspectiva comparada, de que forma a discriminação racial permeia a atuação da polícia no Brasil e nos Estados Unidos. O evento online também visa propor e debater ideias de reforma policial, como a lei George Floyd nos EUA, e políticas públicas que podem contribuir positivamente com a transformação desse cenário.
Direito
07 Abril 2021
Disparidades Raciais e Reforma Policial nos EUA e no Brasil é tema de debate online

O Núcleo de Justiça Racial e Direito da Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP) realizar na sexta-feira, 9 de abril, às 14h, um webinar com o objetivo de discutir, em perspectiva comparada, de que forma a discriminação racial permeia a atuação da polícia no Brasil e nos Estados Unidos. O evento online também visa propor e debater ideias de reforma policial, como a lei George Floyd nos EUA, e políticas públicas que podem contribuir positivamente com a transformação desse cenário.

A abertura será realizada por Oscar Vilhena Vieira, professor e diretor da FGV Direito SP, e Madelina Young-Smith, adida cultural do Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo. Na sequência, irão palestrar: Kirk Burkhalter, professor na New York Law School e ex-detetive do Departamento de Polícia de Nova York; Samira Bueno, diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública; Marta Machado, coordenadora do Núcleo de Justiça Racial e Direito da FGV Direito SP; e Felipe Freitas, líder da linha de pesquisa "Raça e Segurança Pública" do Núcleo de Justiça Racial e Direito da FGV Direito SP. A moderação será de Thiago de Souza Amparo, coordenador do Núcleo de Justiça Racial e Direito da FGV Direito SP.

O evento será realizado em inglês, com tradução simultânea. Os interessados em participar devem se inscrever pelo site

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.