Editora FGV lança obra que analisa o governo bolivariano na Venezuela

A obra “Estado e democracia nos tempos de Hugo Chávez (1998-2013)”, publicada pela Editora FGV e escrita pela historiadora Mariana Bruce, traz uma análise do governo de Chávez e as profundas transformações do Estado Venezuelano.
Ciências Sociais
13 Janeiro 2017

Com o anúncio da morte de Hugo Chávez, ocorrido em 5 de março de 2013, sua ausência, somada às especulações sobre seu falecimento prematuro, movimentou a mídia e as redes sociais por todo mundo, com projeções variadas sobre o que aconteceria com a Venezuela. Sua morte representaria o fim da chamada Revolução Bolivariana? O chavismo teria condições de sobreviver sem Chávez?

Quase quatro anos após, a obra “Estado e democracia nos tempos de Hugo Chávez (1998-2013)”, publicada pela Editora FGV e escrita pela historiadora Mariana Bruce, traz uma análise do governo de Chávez e as profundas transformações do Estado Venezuelano.

A pesquisa realizada pela autora explica a relação entre a ação social organizada, herdeira de um legado histórico e de uma prática comunitária anterior ao governo de Hugo Chávez, e o poder político como espaço de disputa e, ao mesmo tempo, de construção social, apesar das contradições dos interesses em jogo e dos desafios de um processo em construção e reinvenção permanentes.

Através do livro, o leitor terá oportunidade de compreender a força dos movimentos sociais latino-americanos em plena efervescência em toda a região, dentro ou fora do poder estatal.

Para adquirir a obra, clique aqui.