Edmar Bacha toma posse no Codace

Institucional
30 Setembro 2011

?A taxa de câmbio foi inventada por Deus para humilhar os economistas?. A frase é do novo integrante do Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace), Edmar Bacha, quando perguntado por jornalistas se a escalada do dólar estaria preocupando o Governo e o mercado financeiro. O ex-presidente do BNDES, empossado no comitê em cerimônia no Ibre/FGV, no último dia 23 de setembro, disse que o Banco Central poderá usar suas reservas para evitar uma desvalorização excessiva do real frente à moeda norte-americana. ?As reservas existem para amenizar essas situações, inclusive pelo impacto que podem ter sobre a inflação, que já é preocupante. Considerado por muitos o ?pai do Plano Real?, Bacha se diz preocupado: ?A votação da emenda 29, que obriga estados e municípios a aplicar, respectivamente, 12% e 15% de suas arrecadações tributárias na manutenção da saúde pública ? além da pressão do salário mínimo de 14% em janeiro e dessa quantidade enorme de greves ? deverá comprometer o superávit primário?, afirmou.Presidente do Codace, o ex-presidente do Banco Central, Affonso Pastore, vê o país mais vulnerável à volatilidade da economia internacional que no período anterior à década de 80, mas não vislumbra a possibilidade de um cenário de recessão para os próximos meses. ?O Brasil era mais isolado do resto do mundo. Talvez o custo da globalização, da integração, seja esse - de estar mais vulnerável a turbulências internacionais?, disse.  Estudo apresentado pelo economista Regis Bonelli mostra que o Brasil passou por apenas duas recessões entre 1947 e 1980, com duração de dois e três trimestres. Entre 1980 e 2011, foram oito ciclos recessivos e muito mais longos, com duração média de 15,8 meses, ou seja, superior a cinco trimestres. O último deles foi no fim de 2008, após a queda do banco de investimentos americano Lehman Brothers e, ao contrário da maioria das recessões pós-80, durou apenas dois trimestres. A partir de estudos de séries temporais apresentadas no evento, os economistas observaram que houve nos últimos anos um descolamento entre a evolução do Produto Interno Bruto e a atividade industrial.  Edmar Bacha foi empossado no Codace, na vaga deixada com o falecimento do economista Dionísio Dias Carneiro Jr., em cerimônia que contou com a presença do ex-presidente do Banco Central, Affonso Pastore; do diretor do Ibre, Luiz Guilherme Schymura; do vice-diretor, Vagner Ardeo, além de diversos economistas do instituto. Ao final do encontro, Vagner Ardeo anunciou que o IBRE deverá lançar mais duas sondagens ao portfólio que já contempla a Sondagem de Serviços, a do Consumidor e da Indústria: ?No dia 13 de outubro, será lançada a Sondagem do Comércio e, ainda este ano, possivelmente em novembro, será a vez da Sondagem da Construção, fechando toda a estrutura?, revelou. 

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.