EMAp apresenta tecnologias de documentação 3D para acervos culturais

O encontro apresentará os resultados e experiências do projeto 3D-COFORM ? consórcio europeu que tem como objetivo estabelecer a documentação 3D enquanto mecanismo prático, acessível e efetivo para se preservar objetos de arte únicos.
Institucional
29 Maio 2014

Discutir pesquisas e aplicação de tecnologias de documentação 3D como alternativa para se preservar a herança cultural tangível da humanidade. Estas são algumas das questões que a Escola de Matemática Aplicada (FGV/EMAp) aborda hoje, dia 29 de maio, na palestra ?Shaping Up: 3D Documentation and Knowledge in Cultural Heritage? (Ganhando forma: Documentação 3D e Conhecimento em Herança Cultural), com o chefe do Grupo de Pesquisa em Informática Cultural e reitor do Doctoral College da University of Brighton, David Arnold.O encontro apresentará os resultados e experiências do projeto 3D-COFORM ? consórcio europeu que tem como objetivo estabelecer a documentação 3D enquanto mecanismo prático, acessível e efetivo para se preservar objetos de arte únicos. O projeto conta com a colaboração de instituições culturais como The Victoria and Albert  Museum, de Londres,  Louvre, da França, além  da Academia de Florença e sítios arqueológicos como o de Abu Simbal, no Egito.Os desafios da propriedade intelectual relacionados ao uso dessas tecnologias também serão tratados no evento, que será totalmente conduzido em inglês.A palestra ?Shaping Up: 3D Documentation and Knowledge in Cultural Heritage? acontece às 16h, na sala 317 da sede da Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro.Clique aqui e saiba mais (página em inglês).Conheça o 3D-COFORM.