Encontro debate desempenho da economia este ano e perspectivas para 2020

A gangorra das projeções para o PIB de 2019 deve estabilizar em 1,1%, mesmo desempenho registrado nos últimos dois anos. As perspectivas melhoraram no segundo semestre, já que os especialistas chegaram a sugerir crescimento de apenas 0,5% para este ano
Economia
10 Dezembro 2019
Encontro debate desempenho da economia este ano e perspectivas para 2020

A gangorra das projeções para o PIB de 2019 deve estabilizar em 1,1%, mesmo desempenho registrado nos últimos dois anos. Ainda assim é uma boa notícia, pois as perspectivas melhoraram no segundo semestre, já que os especialistas chegaram a sugerir crescimento de apenas 0,5% para este ano. Olhando para frente, os especialistas veem luz no fim do túnel e apontam como pontos relevantes a aprovação das reformas estruturais e o desempenho da economia internacional. No encontro Perspectivas 2019 – 4º Trimestre, que será promovido pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) e pelo Estado de S. Paulo no dia 12 de dezembro, das 9h30 às 12h30, na FGV (Av. 9 de Julho, 2029 - Bela Vista, São Paulo), especialistas debatem o desempenho dos indicadores macroeconômicos, os cenários nacional e internacional e as expectativas para o ano que vem. O evento é gratuito, aberto ao público e voltado para economistas, estudantes e interessados.

Na primeira mesa, dedicada ao cenário econômico, estarão Silvia Matos, Bráulio Borges e Livio Ribeiro pelo FGV IBRE, além do Fábio Alves, colunista do Broadcast, como debatedor. Com a inflação ancorada, a reforma da Previdência aprovada e o baixo nível dos juros, a lenta recuperação do mercado de trabalho pós-crise é um dos principais entraves para a retomada da economia.

O país tem que olhar ainda para o cenário externo, que exige cautela, segundo os especialistas. Pesquisa do FGV IBRE apontou a crise na Argentina, que terá novo presidente em 2020 e ainda passa por severa crise, como responsável por roer 0,5% do crescimento do PIB brasileiro este ano. A guerra comercial entre Estados Unidos e China também pode impactar o crescimento em 2020, além da desaceleração da economia mundial.

Do ponto de vista político, o debate ficará entre Marcos Nobre (Unicamp), Fernando Veloso e Samuel Pessoal (FGV IBRE), e contará com a mediação de Fábio Alves. O objetivo será entender que efeitos a saída do presidente do PSL e a possível criação do partido “Aliança pelo Brasil” terá, em um ano eleitoral, nas votações no Congresso.

Para mais informações e inscrições, acesse o site.