Especialistas debatem passado, presente e futuro das responsabilidades de intermediários na Internet

Direito
24 Novembro 2020
Especialistas debatem passado, presente e futuro das responsabilidades de intermediários na Internet

O Centro de Ensino e Pesquisa em Inovação (CEPI) da Escola de Direito de São Paulo (FGV Direito SP), em parceria com a ISOC Brasil, realizarão um debate online e gratuito, a partir de diferentes perspectivas, sobre os tipos de responsabilidade de intermediários na Internet e como eles desafiam e são desafiados pelas transformações no ecossistema da governança e pelo próprio funcionamento da Internet. O evento será na quinta-feira, 26 de novembro, e será transmitido ao vivo pelo canal da FGV no Youtube a partidas das 19h.

O webinar tem em vista os debates atuais relacionados à inovação, garantia da liberdade de expressão, proteção da privacidade, garantia da neutralidade de rede, além da própria preservação da estabilidade, segurança e funcionalidade da Internet. Além disso, o evento marca o encerramento do curso livre "Estrutura e Funcionamento da Internet: aspectos técnicos, políticos e regulatórios", que explorou diversos aspectos relacionados à infraestrutura e ao funcionamento da Internet como "a rede das redes", considerando suas dimensões técnica, regulatória e social.

O evento contará com a participação de Ana Paula Bialer, sócia fundadora do escritório BFA, integrante do conselho consultivo da Associação Brasileira de Direito da Tecnologia da Informação e das Comunicações – ABDTIC;  Agustina Del Campo, diretora do Centro de Estudios en Libertad de Expresión y Acceso a la Información (CELE); Diego R. Canabarro, gerente sênior de Políticas Públicas para a América Latina e o Caribe na Internet Society; Paulo Rená da Silva Santarém, professor universitário (UniCEUB) e gestor da elaboração do Marco Civil da Internet (Ministério da Justiça) e Raúl Echeberría, diretor executivo da Associação Latinoamericana de Internet (ALAI). A moderação será de Bruna Martins dos Santos, coordenadora de Incidência na Associação de Pesquisa Data Privacy Brasil.

Os interessados em participar devem fazer a inscrição pelo site.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.