Estudo aponta Japão e Catar como campeões em economia entre países que disputam a Copa América

Os japoneses possuem a terceira maior economia do mundo. Já o país sede da próxima Copa do Mundo se destaca por ter o maior PIB per capita entre as nações que participam da competição
Economia
28 Junho 2019
Estudo aponta Japão e Catar como campeões em economia entre países que disputam a Copa América

Dos 12 países participantes da 46ª edição da Copa América, o Japão, convidado asiático que já se despediu do torneio, é o grande campeão quando se trata de economia. O país possui a terceira maior economia do mundo (atrás apenas dos EUA e China) e lidera o “ranking” das nações que disputam o torneio. O Brasil, que ocupa hoje o nono lugar na classificação mundial, aparece na vice-liderança nessa lista.

Os números integram o levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), conduzido por Marcel Balassiano. "Ano passado, o Japão apresentou um PIB de US$ 4.972 bilhões. Em seguida, aparece o Brasil, com US$ 1.868 bilhões. Já a Bolívia, última colocada nesse ranking, registrou um PIB de US$ 41 bilhões", aponta o pesquisador sênior da área de Economia Aplicada do FGV IBRE.

O levantamento revela ainda que o país sede da Copa América não só está fora do lugar mais alto do pódio quando se compara atividade econômica, mas também sai atrás em outro ranking. De acordo com Balassiano, em relação ao PIB per capita o Catar, também convidado e já eliminado do campeonato, é o grande vencedor. "O PIB per capita do país asiático é de US$ 116 mil, seguido do Japão (US$ 39,3 mil). O Brasil ocupa a sexta posição nessa classificação (US$ 14,4 mil), ficando atrás de Chile, Uruguai e Argentina. A Bolívia também amarga a lanterna na competição PIB per capita", relata o economista.

Para Balassiano, vale a pena frisar que o Catar tem o PIB per capita alto em função de o PIB ser elevado – muito dependente do petróleo – e por possuir uma população pequena, que somava 2,7 milhões de pessoas, em 2018.

O estudo completo está disponível no Blog do IBRE.