Estudo da Ernst & Young em parceria com a Projetos aponta crescimento econômico ainda dependente do petróleo

Institucional
23 Setembro 2011

O novo estudo da série Brasil Sustentável ? que marca o lançamento do Centro de Inteligência de Petróleo e Gás da Ernst & Young Terco no País ? foi feito em parceria com a FGV Projetos e mostra que a economia mundial deixará de crescer 0,52 p.p. ao ano por conta do aumento no preço dessas fontes de energia. O estudo foi lançado na última quarta-feira, dia 21 de setembro. O estudo foi baseado em um modelo computacional dos mercados de energia e suas interações. Ele possibilita projetar os movimentos de preços no longo prazo a partir do comportamento de um conjunto de condicionantes físicos, econômicos, tecnológicos e político-institucionais da oferta e da demanda. Com base nesse modelo, é possível identificar os condicionantes mais relevantes para cada mercado.  Com base na análise dos resultados, o estudo afirma que, durante a presente década, o cenário global será marcado por uma demanda crescente, movimentos incipientes e insuficientes de substituição e eficiência energética, um crescimento econômico ainda dependente do petróleo e uma expansão de oferta incerta e concentrada no período pós-2015.