Estudo mensura replicabilidade e adaptabilidade de soluções inovadoras em cidades pequenas e médias

De autoria de Leonardo Paz Neves (FGV NPII) e Felipe Conti, o relatório traz recomendações que podem ser úteis tanto para formuladores de políticas públicas quanto para gestores de cidades de pequeno e médio porte
Políticas Públicas
07 Janeiro 2020
Estudo mensura replicabilidade e adaptabilidade de soluções inovadoras em cidades pequenas e médias

O Núcleo de Inteligência e Prospecção Internacional (FGV NPII), em parceria com o think tank alemão Konrad Adenauer Stiftung, por meio de seu programa de segurança energética e mudança do clima, acaba de lançar o relatório final do projeto "Emerging Technologies Applied to the Renewable Energy Sector". O documento é fruto de um projeto que buscou medir a replicabilidade e adaptabilidade de soluções inovadoras e com tecnologia avançada desenvolvidas por startups em pequenas e médias cidades.

O relatório, de autoria de Leonardo Paz Neves (FGV NPII) e Felipe Conti, desenvolve uma metodologia que busca de maneira pratica e didática identificar o grau de replicabilidade e adaptabilidade de soluções (que usem tecnologias emergentes, como Blockchain, Inteligência Artificial e Internet das Coisas) desenvolvidas por startups no setor de energia a outros contextos, em especial pequenas e médias cidades.

O estudo também traz recomendações que podem ser úteis tanto para formuladores de políticas públicas quanto para gestores de cidades de pequeno e médio porte.

O trabalho está disponível para consulta no site.