Estudo sobre congruência ideológica entre eleitores e parlamentares no Brasil é premiado pela Anpocs

De autoria do aluno do Mestrado Acadêmico em Administração da FGV EBAPE, Joaquim Meira, o estudo analisa o grau de semelhança entre as opiniões e posicionamentos de eleitores e políticos no Brasil
Administração
17 Dezembro 2019
Estudo sobre congruência ideológica entre eleitores e parlamentares no Brasil é premiado pela Anpocs

O aluno do Mestrado Acadêmico em Administração da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE), Joaquim Meira, recebeu o prêmio de “Melhor painel da área de Ciência Política” do 43º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs). Na ocasião, ele apresentou o trabalho “Votos, ideias e vínculos: congruência ideológica entre eleitores e parlamentares no Brasil”, realizado sob orientação dos professores Gabriela Tarouco (UFPE) e Cesar Zucco (FGV EBAPE).

O estudo analisa o grau de semelhança entre as opiniões e posicionamentos de eleitores e políticos no Brasil, um tema conhecido como congruência ideológica. Esse tópico, apesar da grande importância para a democracia, recebia pouca atenção no Brasil, e os raros estudos costumavam usar métodos ou dados de baixa qualidade. Utilizando dados de pesquisas de opinião confiáveis e representativas realizadas entre 2013 e 2014 (o Brazilian Legislative Survey para os políticos e o World Values Survey para a população) e um método recém-proposto que permite comparar as distribuições completas de opiniões, o trabalho supre essa lacuna.

Os resultados indicam uma alta congruência entre eleitores e parlamentares em temas de redistribuição de renda e de costumes, como casamento homoafetivo, mas baixa congruência em questões relativas a liberalismo e meritocracia. Isso sugere que os parlamentares representam as opiniões da sociedade em alguns dos principais temas do debate político, mas não em outros também importantes.

Para mais informações sobre o Mestrado Acadêmico em Administração da FGV EBAPE, acesse o site.