Evento apresenta projeto sobre mapeamento colaborativo da história de São Paulo

O projeto desenvolveu e disponibilizou uma base cartográfica digital histórica da cidade de São Paulo, referente ao período de sua modernização urbano-industrial (1870-1940).
Ciências Sociais
02 Maio 2019
Evento apresenta projeto sobre mapeamento colaborativo da história de São Paulo

O Laboratório de Humanidades Digitais (LHuD) da Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC) realiza, no dia 29 de maio, às 14h, sessão sobre o projeto "Pauliceia 2.0: mapeamento colaborativo da história de São Paulo (1870-1940)". Coordenado pelo professor Luis Ferla (Unifesp), o evento será realizado na Casa Acervo CPDOC (Rua Jornalista Orlando Dantas, 60. Botafogo, Rio de Janeiro/RJ).

O projeto desenvolveu e disponibilizou uma base cartográfica digital histórica da cidade de São Paulo, referente ao período de sua modernização urbano-industrial (1870-1940). O evento tem por objetivo discutir a plataforma online, difundir o seu uso e motivar a participação de estudiosos do tema. A base cartográfica digital vem associada a uma interface que permite a interatividade de pesquisadores interessados, de forma a que eles possam alimentar a base disponibilizada com eventos espacializáveis de suas próprias investigações. Dessa forma, pesquisadores interessados podem produzir mapas e visualizações de suas respectivas pesquisas, a partir da base fornecida, ao mesmo tempo em que acabam por enriquecer a base disponibilizada com as informações que terão alimentado ao sistema.

A tecnologia e a metodologia desenvolvidas - a plataforma está em versão beta - estão disponíveis para pesquisadores interessados em outros recortes temporais e espaciais. Pretende-se, assim, criar as condições para o enriquecimento das abordagens da história de São Paulo daquele período, ao mesmo tempo em que se busca estimular projetos similares para outras cidades e tempos, fazendo-o em conformidade com os mais recentes e interessantes desdobramentos das chamadas humanidades digitais, voltados ao trabalho colaborativo e à livre circulação do conhecimento.

O projeto foi contemplado pela chamada eScience da Fapesp, e é uma parceria entre os campi Guarulhos (grupos Hímaco e CAPPH) e São José dos Campos da Unifesp, a Emory University, o Arquivo do Estado e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, com co-coordenação de Karine Reis Ferreira.

Para mais informações e inscrições, acesse o site.