Evento na Colômbia debate questões de gênero e direitos humanos

Para as professoras, a igualdade de gênero é um tema que ultrapassa as fronteiras e requer uma maior colaboração entre os que estudam o assunto: “O papel do direito na promoção na equidade de gênero ultrapassa os limites do próprio direito, requerendo uma aproximação com outras ciências para que se faça um diagnóstico mais preciso dos desafios a serem enfrentados”, explicam.    
Direito
25 Outubro 2017
Evento na Colômbia debate questões de gênero e direitos humanos

As professoras da Escola de Direito de São Paulo da FGV (Direito SP) Marta Machado, Camila Gonçalves e Catarina Barbieri participaram do evento “Beyond Human Rights: Rethinking Gender Equality in Law and Politics”, ocorrido na Universidad de los Andes, na Colômbia, nos dias 19 e 20 de outubro.

Catarina Barbieri apresentou o trabalho “Feminist Perspecitves as a Challenge to Conventional Jurisprudence” em uma das duas mesas que debateu o tema Constitucionalismo, Direitos e Equidade de Gênero. Já Marta Machado, especialista em Direito Penal, apresentou o tema “Anti-abortion Movement in Brazil and Conservatives Uses of the Rights Discourse” na mesa que debateu Democracia, Mobilização e Contra-Mobilização.

Por fim, Camila De Jesus Mello Gonçalves apresentou o paperFacing Protection for Transsexuals and Non-binary Identities under the Brazilian Law nº 11.340/2006, Lei Maria da Penha, designed to Address Violence against Woman” na mesa que debateu trabalhos envolvendo Igualdade de Gênero e Corpos Femininos.

Para as professoras, a igualdade de gênero é um tema que ultrapassa as fronteiras e requer uma maior colaboração entre os que estudam o assunto.

“O papel do direito na promoção na equidade de gênero ultrapassa os limites do próprio direito, requerendo uma aproximação com outras ciências para que se faça um diagnóstico mais preciso dos desafios a serem enfrentados”, explicam.    

Além de Marta Machado, o encontro contou com a organização de Sandra Fredman, Helena Aviar e Catherine Albertin, representantes de uma rede de universidades que envolvem a Direito SP, Los Andes, Witts (África do Sul) e Oxford (Reino Unido). É a segunda vez que o grupo se reúne. A primeira foi em um seminário sobre Gênero, Raça e Pobreza, realizado em 2014 na Direito SP.