Evento online aborda relações contemporâneas entre Japão e China

As dinâmicas Japão-China são determinantes para as relações internacionais do Nordeste Asiático. Os vizinhos representam duas das três maiores economias do mundo e possuem relações históricas. Os últimos desdobramentos da política internacional, como a guerra comercial China-Estados Unidos, têm trazido novas perspectivas para as dinâmicas sino-japonesas
Relações Internacionais
08 Dezembro 2020
Evento online aborda relações contemporâneas entre Japão e China

A Escola de Relações Internacionais da Fundação Getulio Vargas (FGV RI) e a Japan House São Paulo realizam, na próxima quinta-feira, 10 de dezembro, o quarto evento do Ciclo de Palestras sobre o Japão, com a palestra de Yasuhiro Matsuda, professor de Política Internacional da Universidade de Tóquio, com o tema "Japan-China Contemporary Relations". O evento será transmitido ao vivo pelo canal da FGV no YouTube a partir das 20h.

As dinâmicas Japão-China são determinantes para as relações internacionais do Nordeste Asiático. Os vizinhos representam duas das três maiores economias do mundo e possuem relações históricas. Os últimos desdobramentos da política internacional, como a guerra comercial China-Estados Unidos, têm trazido novas perspectivas para as dinâmicas sino-japonesas. Afinal, a China é o maior parceiro comercial do Japão e os Estados Unidos são o seu principal aliado securitário.

Nos últimos anos, observou-se estabilidade relativa no relacionamento bilateral entre Japão e China. Quais são os objetivos estratégicos do Japão referentes à China? Qual a origem da estabilidade relativa nas relações bilaterais? O que podemos esperar dessa relação nos próximos anos? A moderação fica por conta do vice-coordenador da Escola de RI da FGV Pedro Brites e da assistente Luana Margarete Geiger.

Yasuhiro Matsuda é professor Associado do Instituto de Estudos Avançados sobre Ásia da Universidade de Tóquio. Doutor em direito pela Universidade de Keio. Colaborou por 16 anos, com o Instituto Nacional de Estudos de Defesa (NIDS) e com a Agência de Defesa do Japão (mais tarde, Ministério da Defesa), como assistente de pesquisa e pesquisador sênior. Foi pesquisador visitante em diversas instituições, incluindo o Consulado-Geral do Japão em Hong Kong (1994-96), o Henry L. Stimson Center em Washington, DC (2000), a Divisão de Estudos Estratégicos e Internacionais do Instituto de Pesquisa de Taiwan em Taipei (2001) e o Centro de Estudos Japoneses da Universidade Fudan em Xangai (2007).

Para mais informações e inscrições acesse o site.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.