FGV assina acordo de cooperação com Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, de Portugal

A cooperação entre as duas entidades abrange uma série de áreas, em especial no desenvolvimento de pesquisas conjuntas, intercâmbio de informações e publicações, de professores e pesquisadores, além da realização de atividades voltadas ao ensino e à pesquisa
Relações Internacionais
06 Fevereiro 2020
FGV assina acordo de cooperação com Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, de Portugal

O Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais (FGV DGPE) e a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), de Portugal, assinaram um protocolo de cooperação com vista a desenvolver programas de estudos conjuntos. A parceria prevê intercâmbio e colaboração no âmbito da docência, formação e pesquisa.

A cooperação entre as duas entidades abrange uma série de áreas, em especial no desenvolvimento de pesquisas conjuntas, intercâmbio de informações e publicações, de professores e pesquisadores, além da realização de atividades voltadas ao ensino e à pesquisa. Também estão previstas a elaboração de cursos oferecidos por ambas as instituições, intercâmbio de estudantes e a realização de seminários, colóquios e simpósios.

“A FGV visualiza possibilidades de aproximação muito positivas com a assinatura deste convênio. Temos muitos pontos em comum com Portugal. Ao darmos os primeiros passos no sentido de estabelecer sinergias e convergências, estamos estabelecendo um caminho fecundo para cooperar nas áreas de conhecimento e expertise das duas instituições”, destaca o diretor do FGV DGPE, professor Henrique Paim.

Fundada em 1998, a Universidade Lusófona articula-se em torno de 10 faculdades que constituem a unidade institucional principal. Atualmente, oferece 37 licenciaturas, 43 Mestrados, três Mestrados Integrados, 10 programas de doutoramento e 42 cursos de pós-graduação.

Para mais informações sobre a ULHT, acesse o site.