FGV DIREITO RIO e Creative Commons lançam The Power of Open

Institucional
01 Julho 2011

Foi lançado no último dia 30, quinta-feira, o livro The Power of Open. A obra, disponível em nove idiomas incluindo o português, apresenta mais de 30 casos de sucesso de produtos e serviços gerados a partir do compartilhamento de conteúdo e da colaboração, destacando o papel das licenças Creative Commons no fomento à inovação na era digital. O evento foi uma iniciativa do Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas (CTS/FGV DIREITO RIO) em parceria com o Creative Commons. O lançamento contou com a apresentação de Gabriel Borges, um dos responsáveis pelo desenvolvimento da estratégia do Fiat Mio; de Alexandre Schneider, Secretário de Educação da cidade de São Paulo; de José Murilo, coordenador geral de Cultura Digital do Ministério da Cultura; de Claudio Prado, coordenador do Laboratório Brasileiro de Cultura Digital e ex-assessor do Ministério da Cultura; e de Ronaldo Lemos, professor da FGV DIREITO RIO. Gabriel Borges falou sobre o processo de criação do Fiat Mio, abordando as vantagens do uso das licenças Creative Commons no processo, bem como sobre os fatores que o levaram a fazer tal escolha. Schneider contou a experiência da Secretaria ao disponibilizar todo o conteúdo e material didático produzido pela pasta com a licença Creative Commons, permitindo que outras redes de ensino façam uso desde que para fins não comerciais. The Power of Open é um estudo sobre como o licenciamento em Creative Commons e ferramentas para licenciamento de direitos autorais em geral contribuem para colaboração e inovação. O livro traz estudos de casos de cientistas, educadores, artistas e empreendedores que utilizam as ferramentas do Creative Commons. Um dos principais destaques da publicação é o Fiat Mio, um carro conceito lançado por iniciativa da equipe da Fiat no Brasil que utiliza a lógica de colaboração do Creative Commons. Tendo recebido mais de 10 mil contribuições de design, o projeto possibilitou à Fiat desenvolver um carro colaborativo que pode ser modificado por qualquer um. Outro destaque é o ProPublica que se tornou o primeiro portal de notícias da Internet a vencer um Prêmio Pulitzer.Disponível no endereço http://thepowerofopen.org/, o livro conta com edições em inglês, português, francês e japonês. Em breve, haverá versões em árabe, chinês, alemão, polonês e espanhol. Além do Rio de Janeiro, o livro está sendo lançado em outras cidades do mundo consideradas relevantes para a cultura colaborativa como Tóquio, Washington DC, Bruxelas, Londres e Paris.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.