FGV Direito SP divulga vencedores do Prêmio Esdras de Ensino
Direito
05 Julho 2018

FGV Direito SP divulga vencedores do Prêmio Esdras de Ensino

O Prêmio Esdras foi criado em 2014 pela FGV Direito SP para dar visibilidade, ampliar a repercussão e facilitar acesso a materiais didáticos que privilegiem o protagonismo do aluno dentro do processo de ensino e aprendizagem do Direito.

A Escola de Direito de São Paulo anunciou os ganhadores da segunda edição do “Prêmio Esdras Borges Costa de Ensino do Direito”. O trabalho vencedor, que receberá o prêmio de R$ 5 mil, é o projeto “Constituição do Concreto: Identificação de demanda para fins de intervenção socioconstitucional”, do professor Caleb Salomão Pereira, da Faculdade de Direito de Vitória (FDV).

Já os projetos “Empreender Direito” (Aline Marques Marino – Unifei); “Orçamento Público e Direitos Sociais” (Ana Carolina Figueiró Longo – Uniceub); e “Construindo um Estado” (Tássia Aparecida Gervasoni – Imed) receberam menção honrosa. Tanto o projeto vencedor quanto os projetos que receberam menções terão suas atividades inseridas no Banco de Materiais de Ensino Participativo, mantido pela FGV Direito SP. Os contemplados foram selecionados após avaliação pelos membros da Comissão Julgadora do Prêmio Esdras, por meio de blind review dos materiais encaminhados.

O Prêmio Esdras foi criado em 2014 pela FGV Direito SP para dar visibilidade, ampliar a repercussão e facilitar acesso a materiais didáticos que privilegiem o protagonismo do aluno dentro do processo de ensino e aprendizagem do Direito, além de incentivar docentes e instituições de ensino a experimentar, divulgar e debater experiências concretas de ensino jurídico participativo e contribuir para a constante qualificação do ensino jurídico no país.

Os resultados da 2ª edição do Prêmio Esdras estão disponíveis no site.