FGV e Instituto Unibanco desenvolvem programa inédito para capacitação de gestores escolares

A iniciativa visa capacitar profissionais que já atuam na função em escolas de educação básica ou que desejam atuar.
Políticas Públicas
23 Novembro 2023
FGV e Instituto Unibanco desenvolvem programa inédito para capacitação de gestores escolares

Em 2021, o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou o texto da Base Nacional Comum de Competências do Diretor Escolar. O documento visa ajudar as redes a definirem políticas de formação, seleção e apoio aos diretores, com objetivos claros do que se espera deles no exercício da atividade.  

Diante desse desafio, o Instituto Unibanco, em parceria com FGV DGPE (Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais) e com o FGV In Company, desenvolveram um programa pioneiro de formação. A iniciativa visa capacitar profissionais que já atuam na função em escolas de educação básica ou que desejam atuar. Por meio desta formação, pretende-se contribuir com avanços na qualidade da educação no Brasil. 

Mais de 60 profissionais de educação de diversas regiões participam da primeira turma do curso, que teve início em outubro, e é voltada ao desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à Gestão Pedagógica. Esse curso em andamento, se somará a outros três - que terão suas primeiras turmas oferecidas até o final do primeiro semestre de 2024 - envolvendo as dimensões Político-Institucional, Administrativo-Financeira e Pessoal e Relacional, totalizando 192 horas de formação no total. A partir do segundo semestre de 2024, os 4 cursos ficarão disponíveis na plataforma da FGV para acesso livre e gratuito dos interessados no assunto. 

Segundo Andressa Buss, coordenadora acadêmica do programa, o trabalho começou há um ano com uma pesquisa que envolveu a escuta de diretores escolares de todo o Brasil e a investigação sobre o perfil atual desses profissionais, suas principais dificuldades vividas no cotidiano e suas preferências relacionadas a cursos de formação. O Programa foi elaborado por autores com larga experiência em gestão escolar, sólido conhecimento acadêmico e considera curadoria de materiais do Instituto Unibanco produzidos nos últimos dez anos, além da FGV e de outros centros nacionais de referência. “Priorizamos a formação integral dos diretores, a partir do desenvolvimento de competências e habilidades nas quatro dimensões indicadas pelo CNE, conectando teoria e prática, com vistas a uma atuação de qualidade no exercício da função de diretor escolar”, explicou. 

Cada curso on-line tem duração de 48 horas, envolvendo uma estimativa de seis semanas de dedicação aos estudos, e conta com recursos multimídias versáteis como videoaulas, podcasts e material de leitura digital – enfocando principalmente conteúdos de apoio para implementação prática de ações. Os participantes, na versão piloto do curso, têm sessões de interação com a professora-tutora em aulas síncronas (plataforma de webconferência) onde poderão compartilhar experiências.  

Durante a apresentação do programa, João Lins, diretor executivo do FGV In Company, disse que o projeto tem vários componentes de inovação. “Nós ficamos muito honrados com essa parceria com o Instituto Unibanco, pois existe uma expectativa de impacto relevante no desenvolvimento de gestores e da educação de maneira geral”, comentou. 

Segundo Ricardo Henriques, presidente do Instituto Unibanco, o objetivo é desenvolver a gestão orientada para o avanço contínuo na escola, com foco na prática gestora. Além do conteúdo baseado em evidências e normas nacionais, há vários estudos de casos conectados com a realidade dos gestores. “Nós temos desafios históricos, como a desigualdade social; mas, ao mesmo tempo, a perspectiva de contribuir com a rede pública para uma mudança de patamar na fronteira do conhecimento”.   

Na visão de José Henrique Paim, diretor do FGV DGPE, essa é uma iniciativa pioneira no desenvolvimento de competências dos gestores escolares. “Nós valorizamos intensamente o papel do gestor escolar porque ele representa o que tem de mais importante para a melhoria da educação. O Instituto Unibanco e a FGV estão dando um passo fundamental para ajudar a melhorar a educação e reduzir a desigualdade para que todos tenham acesso à educação de qualidade”, finalizou. 

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.