FGV e McDonald?s University lançam MBA em Estratégias para o Desenvolvimento Sustentável

Trata-se de uma proposta inovadora que levará ao McDonald?s e aos seus stakeholders uma formação completa a partir dos pilares econômico, social e ambiental da sustentabilidade?, afirma Luiz Ernesto Migliora.
Institucional
31 Julho 2014

No dia 28 de julho, a Fundação Getulio Vargas, por meio do FGV Corporativo, lançou o MBA em Estratégias para o Desenvolvimento Sustentável. O curso é realizado em parceria com a McDonald?s University ? instituição que tem como objetivo disseminar conhecimento e difundir a cultura organizacional do McDonald?s para funcionários, franqueados, fornecedores, comunidades e formadores de opinião.Segundo o diretor do FGV Corporativo Luiz Ernesto Migliora, ?trata-se de uma proposta inovadora que levará ao McDonald?s e aos seus stakeholders ? principalmente os relacionados à cadeia de suprimentos ? uma formação completa a partir dos pilares econômico, social e ambiental da sustentabilidade?. Ele ainda ressalta que o programa passará por questões como: economia de água e de energia, gestão de resíduos, mudanças climáticas, entre outras. O MBA, de 432 horas, é composto por aulas presenciais nas instalações da McDonald?s University em Alphaville - São Paulo, além de disciplinas no ambiente online. Migliora ressalta que a Fundação conta com pleno preparo e conhecimento específico para oferecer o curso. ?Nós temos um reconhecido centro de sustentabilidade que está dando base a todo o material?, conta o diretor, referindo-se ao Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV/EAESP).A primeira turma do MBA em Estratégias para o Desenvolvimento Sustentável tem previsão de início para setembro deste ano e, segundo Migilora, outra turma também já pode ser iniciada em novembro. ?Com duas turmas em andamento simultâneo, quem não pôde estar presente na primeira aula de determinada matéria por uma questão de agenda vai ter condição, assim, de fazê-la novamente?, explica.A coordenação acadêmica é da professora da FGV e doutora em Gestão Socioambiental e da Saúde, Patricia Calicchio Berardi. Entre os alunos do curso, estão representantes de organizações nacionais e multinacionais, como a Arcos Dourados (administradora da rede McDonald?s no Brasil), Unilever, Itaú e Tetra Pak. ?A ideia é que, a partir de 2015, o programa se estenda para outros países da América Latina e, possivelmente, para o mundo inteiro?, finaliza Luiz Ernesto Migliora.Clique aqui e obtenha mais informações sobre o FGV Corporativo.