FGV Energia debate cenário e perspectivas do setor elétrico

Institucional
30 Maio 2014

No dia 28 de maio, a FGV Energia realizou a palestra ?Panorama do Setor Elétrico Brasileiro - cenário atual e perspectivas?, promovida pela Confederação Nacional de Comércio (CNC) e pela Associação Promotora de Economia (APEC) na Associação Comercial do Rio de Janeiro.  O centro de estudos foi representado pelo engenheiro Ruderico Pimentel, que abordou as transformações do modelo institucional, as situações de curto e longo prazo, questões e ajustes do modelo em 2004 e a MP 579/2012 ? que dispõe sobre as concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica,  a redução dos encargos setoriais e tarifas, além de outras providências.De acordo com Pimentel, a maior preocupação é a necessidade de investimentos futuros no setor, de modo que eles atendam à necessidade de desenvolvimento  a médio e longo prazo. ?É importante ressaltar que a atual situação foi criada no decorrer do tempo, e que se deve analisar o atual contexto a fim de se resolver os problemas existentes?, explica.O vice-presidente da FGV, Sergio Franklin Quintella, elogiou a iniciativa da palestra. ?Tendo estado pessoal e profissionalmente ligado ao setor elétrico como presidente da Internacional de Engenharia, dou o meu depoimento de que o engenheiro Ruderico Pimentel fez uma lúcida e competente apreciação sobre o passado e as perspectivas para o futuro do setor?, disse Quintella, parabenizando a APEC  e a FGV Energia.O ministro Ernane Galvêas ? que é presidente da APEC, secretário-geral do Comitê Brasileiro da Câmara de Comércio Internacional e membro do Conselho Diretor da FGV ? também agradeceu a colaboração da FGV Energia no auxílio à resolução das questões energéticas do país.Clique aqui e conheça a FGV Energia.